Jesus ainda não foi constituído arguido, mas vai ser

O treinador do Benfica foi apenas identificado pela PSP ontem mas vai ser constituído arguido, esclareceu a subcomissária Carla Duarte ao DN.

Jorge Jesus ainda não foi constituído arguido com termo de identidade e residência mas deverá sê-lo amanhã, adiantou a subcomissária Carla Duarte, porta-voz da PSP, no esclarecimento de um mal entendido sobre o estatuto judicial do treinador do Benfica após os incidentes no jogo de ontem. O erro da notícia partiu da própria porta-voz da PSP, que chegou a afirmar à agência Lusa que Jorge Jesus já tinha sido constituído arguido, o que, como Carla Duarte retificou, só acontecerá amanhã.

Na sequência das alegadas agressões a um dos spotters da PSP, Jesus foi identificado na noite de domingo pela polícia. O auto de notícia foi enviado para a Divisão de Investigação Criminal da PSP e deverá ser enviado ao tribunal de Guimarães dentro de dois dias. O Ministério Público é que irá decidir quais os crimes em causa mas o DN apurou que Jesus poderá responder por ofensas à integridade física (agressão a um elemento policial), resistência e coação e desobediência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG