Sevilha tem 8700 bilhetes para a final com o Benfica

O presidente do Sevilha FC, Pepe Castro, revelou que a UEFA disponibilizou ao clube 8.700 bilhetes para a final da Liga Europa em futebol, frente ao Benfica, e que serão privilegiados os adeptos mais antigos.

Para o responsável máximo do clube, a "divisão dos bilhetes" para a sua terceira final da segunda prova da UEFA - venceram a Taça UEFA em 2006 e 2007 -, e que se disputará a 14 de maio em Turim, é um "bom problema".

Pepe Castro informou que "75 por cento dos bilhetes facultados pela UEFA serão destinados aos sócios por ordem de antiguidade", nomeadamente 6.521 bilhetes, e que os restantes serão para compromissos do clube.

"Os primeiros serão destinados aos sócios com 19 anos de antiguidade", concretizou o dirigente.

Os preços dos bilhetes para a final oscilam entre os 45 e 150 euros e são pessoais e intransmissíveis, razão pela qual terão o nome do adepto e será vedada a entrada a quaisquer pessoas cujo bilhete não corresponda à identidade.

Em conferência de imprensa, Pepe Castro realçou que o Sevilha FC "chega a Turim devido aos adeptos", num elogio ao apoio que manifestaram à equipa, embora esta, adiantou, "também tenha estado à altura dos adeptos".

O Sevilha FC, que entrará na final na qualidade de equipa da casa, solicitou à UEFA a possibilidade de utilizar uma camisola branca, desenhada especialmente para a ocasião, "com o escudo atual do clube" e não com o emblema original de 1905.

Na equipa, que eliminou o Valência nas meias-finais, alinham os jogadores portugueses Beto, Daniel Carriço e Diogo Figueiras.

O Benfica chega à sua décima final europeia, depois de ter eliminado a Juventus, clube que recebe a final. Os "encarnados" venceram no Estádio da Luz por 2-1 e empataram em Turim sem golos.

Ler mais

Exclusivos