Rui Vitória arrasa Jesus: "Com a minha idade andava a lutar pela subida de divisão"

Treinador do Benfica continua ao ataque nas conferências de imprensa: "As minhas filhas têm orgulho no pai que têm"

Rui Vitória desistiu, definitivamente, do discurso politicamente correto e continua ao ataque a Jorge Jesus. Na antevisão ao Nacional-Benfica, agendado para as 20.30 de domingo, o técnico das águias voltou a lançar duras críticas ao treinador leonino.

O técnico começou, porém, por esclarecer uma coisa. Na última conferência de imprensa de antevisão de Jorge Jesus foi colocada uma questão falsa ao treinador, com um jornalista presente a afirmar que Rui Vitória o teria acusado de ser mau colega e de ter mau caráter. "Nunca foi dito da minha boca isso. Portanto, essa questão, dessa forma, não faz sentido. É uma pergunta mal feita. Mas vou responder em relação ao resto", esclareceu.

Antes de chegar ao Benfica teve 20 anos de carreira onde andou a ganhar algumas vezes e a perder outras, a ser despedido umas vezes e contratado outras

Rui Vitória partiu, então, ao ataque: "Em relação à questão do treinador, eu acabei a minha conferência a dizer-vos claramente que quem gosta, gosta, quem não gosta não gosta. As pessoas são livres de opinarem da forma que quiserem. Essa questão de eu ser treinador, não ser... foi proferida pelo treinador do Sporting e as afirmações são de quem as faz", começou por dizer.

"Esta vida de treinador, ao contrário daquilo que se faz crer, em 99% dos casos é mais ou menos a mesma. Há um que é de facto o Special, que é o José Mourinho, que está acima dos outros, acima de tudo porque ganhou quase a vida toda, em todo o lado e aos 50 anos já tinha uma carreira cheia de títulos. Agora, os treinadores em Portugal, em concreto do treinador do Sporting, antes de chegar ao Benfica teve 20 anos de carreira onde andou a ganhar algumas vezes e a perder outras, a ser despedido umas vezes e contratado outras. Com a idade que eu tenho ele se calhar andava a lutar pela subida de divisão na 2ª Liga. Isto faz parte da vida. A opinião fica para quem a proferiu, não estou nada preocupado", atirou.

"Em Portugal há tantos bons treinadores que nem vale a pena estar aqui a focar neste. Ele que faça o que bem entender que isso a mim não me preocupa nada. Quero só deixar uma coisa bem clara: eu vivo para dar alegrias aos benfiquistas, constantemente. E sobretudo outra coisa: eu chego a casa todas as noites e as minhas filhas têm orgulho no pai que têm. É para isso que vivo. A partir daqui nada mais me preocupa", completou.

Diogo Jota perto de ser reforço

Jota, jovem talento do Paços de Ferreira e uma das grandes revelações da I Liga, está perto de ser reforço do Benfica, já depois de ter assinado com o empresário Jorge Mendes.

Rui Vitória não confirmou a contratação, mas deixou pistas: "É um jovem, mas não me vou pronunciar porque seria deselegante para com outros jovens que estão no futebol português. Tem valor, mas tal como existem variadíssimos no futebol português aos quais nós, Benfica, como clube grande, estamos atentos. Mais nada."

Na antevisão à 17.ª jornada da I Liga, o técnico foi, ainda, convidado a comentar a saída de Lopetegui do FC Porto. "É sempre mau quando se vê um colega sair do trabalho a meio, mas é o futebol. Mas isso é o FC Porto que tem de se pronunciar e nada mais."

Exclusivos