Marítimo impõe primeira derrota ao Benfica e deixa campeonato ao rubro

O Marítimo venceu o Benfica, por 2-1, esta sexta-feira, no jogo de abertura da 12.ª jornada da I Liga. As águias perdem pela primeira vez no campeonato e podem ver o Sporting ficar a dois pontos, antes do dérbi.

O Marítimo vingou da melhor forma a estrondosa goleada sofrida na Luz, há duas semanas, para a Taça de Portugal (6-0): esta sexta-feira, impôs ao Benfica a primeira derrota na I Liga e deixou as contas do cameponato ao rubro. Com o desaire, os encarnados arriscam chegar ao dérbi lisboeta, no domingo, dia 11, com apenas dois pontos de vantagem sobre o Sporting.

No renovado Estádio dos Barreiros, no Funchal, os marítimistas mostraram-se implacáveis: cederam o controlo territorial aos benfiquistas, defenderam com agressividade e ameaçaram-nos com transições rápidas e venenosas. Isso rendeu um golo madrugador, de Ghazaryan (5') e outras ocasiões de golo nos primeiros 25 minutos.

Mesmo com dificuldades em romper a defesa verde-rubra, o Benfica reagiu. Empatou por Nélson Semedo (27'), num remate que ainda desviou em Gonçalo Guedes. E podia ter dado a volta ao marcador, num forte início da segunda parte, que inclui uma cabeçada ao ferro de Salvio.

O golo, contra a corrente do jogo, acabou por aparecer na baliza de Ederson, após mais uma falha de marcação da defesa encarnada: Maurício cabeceou à vontade para o 2-1. Depois, toda a pressão das águias já não foi suficiente para evitar a primeira derrota da I Liga.

Com este resultado, o Benfica mantém-se no 1.º lugar, com 29 pontos, mas pode ver o Sporting ficar a dois de distância - caso os leões vençam o Vitória de Setúbal, este sábado. Os arqui-rivais lisboetas encontram-se no Estádio da Luz a 11 de dezembro (18.00). Quanto ao Marítimo, em claro crescendo de forma, sobe provisoriamente à 6.ª posição, com 17 pontos.

EQUIPAS:

MARÍTIMO: Gottardi, Patrick, Maurício, Raúl Silva, Fábio China; Erdem Sen, Éber Bessa e Ghazaryan (Alex Soares, 90'), Fransérgio, Xavier (Brito, 71') e Edgar Costa

BENFICA: Ederson; Nélson Semedo, Luisão, Lindelof, André Almeida (Raúl Jiménez, 71'), Fejsa, Pizzi, Salvio (Rafa, 65') e Cervi (Carrillo, 83'); Gonçalo Guedes e Mitroglou

GOLOS: 1-0 Ghazaryan (5'), 1-1 Nélson Semedo (27'), 2-1 Maurício (69')

Exclusivos