Luisão assaltado quando estava a dormir

Central dos encarnados estava no seu quarto quando assaltaram a sua casa

O central brasileiro Luisão confirmou esta quinta-feira que foi alvo de um assalto na sua casa, na terça-feira passada. O jogador, contudo, confirma que também estava em casa quando o assalto aconteceu. O capitão das águias deposita agora total confiança nas autoridades portuguesas para encontrar os ladrões, que levaram apenas dinheiro.

"Lamentável o que aconteceu com a gente! Ao contrário das notícias, eu também estava em casa! Mas graças a Deus não passou de susto. Eu e a minha família confiamos na Polícia portuguesa e tudo será resolvido! Continuamos felizes por viver em Portugal!!! Eu e minha familia estávamos em casa nos quartos! Mas como disse não passou de um susto e hoje já é outro dia!! Obrigado a todos", escreveu Luisão na rede social twitter.

Exclusivos

Premium

Crónica de Televisão

Os índices dos níveis da cadência da normalidade

À medida que o primeiro dia da crise energética se aproximava, várias dúvidas assaltavam o espírito de todos os portugueses. Os canais de notícias continuariam a ter meios para fazer directos em estações de serviço semidesertas? Os circuitos de distribuição de vox pop seriam afectados? A língua portuguesa resistiria ao ataque concertado de dezenas de repórteres exaustos - a misturar metáforas, mutilar lugares-comuns ou a começar cada frase com a palavra "efectivamente"?

Premium

Margarida Balseiro Lopes

O voluntariado

A voracidade das transformações que as sociedades têm sofrido nos últimos anos exigiu ao legislador que as fosse acompanhando por via de várias alterações profundas à respetiva legislação. Mas há áreas e matérias em que o legislador não o fez e o respetivo enquadramento legal está manifestamente desfasado da realidade atual. Uma dessas áreas é a do voluntariado. A lei publicada em 1998 é a mesma ao longo destes 20 anos, estando assim obsoleta perante a realidade atual.