Jorge Jesus ao nível de Sven-Göran Eriksson

Sete vitórias consecutivas, depois de um empate a abrir, valem ao Benfica, de Jorge Jesus, uma entrada na Liga portuguesa de futebol ao nível das do "inigualável" Sven-Göran Eriksson.

Em mais de três décadas, ou mais precisamente desde a irrepetível época 1972/73, apenas o sueco, que esteve na Luz em 1982/83 e 83/84 e entre 89/90 e 91/92, apresenta registos semelhantes ao actual no arranque do campeonato.

Sob o comando de Eriksson, o Benfica começou por vencer os primeiros 11 jogos da época 1982/83 (cedeu apenas à 12.ª ronda, em Alcobaça, onde empatou 1-1), para, na época seguinte, somar sete triunfos e um empate a abrir.

Ler mais

Exclusivos