Ex-atleta morre a celebrar o tetracampeonato

José Martins tinha 69 anos e competiu ao serviço do clube da Luz na secção de atletismo. Morreu quando tentava colocar um cachecol do Benfica numa estátua, diz o Correio da Manhã

José Martins, ex-atleta do Benfica, morreu durante os festejos do tetracampeonato do Benfica. Tudo ter-se-á passado na Covilhã quando, depois do encontro entre os encarnados e o Vitória de Guimarães, o homem de 69 anos tentava alcançar uma estátua à entrada do Jardim do Goldra. Aí sofreu a queda que motivou o óbito.

"Ele estava a tentar colocar um cachecol na estátua, que nem é muito alta, mas desequilibrou-se e caiu no chão", disse uma testemunha ao Correio da Manhã.

José Martins sofreu um traumatismo crânio-encefálico e foi dirigido ao Hospital da Covilhã pelo INEM. Após um TAC ainda foi, de helicóptero, para o Hospital de Coimbra às 2.00, mas ao início da manhã deste domingo acabaria por falecer.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...