Daniel Wass tem um compromisso com o Benfica válido por 5 épocas

O dinamarquês Daniel Wass é o defesa-direito que o Benfica pretende para concorrer com Maxi Pereira pelo lugar de defesa-direito na próxima época. A notícia foi ontem avançada pelo jornal Ekstra Bladet, que adiantou haver já acordo entre os encarnados e o jogador do Brondby, válido para as próximas cinco épocas.

Para já, ninguém confirma o acordo, mas fonte próxima do jogador garantiu que os encarnados ter-lhe-iam pedido que não falasse sobre o assunto até final da temporada, altura em que se mudará para a Luz a custo zero, uma vez que se encontra em final de contrato com o Brondby.

Também de acordo com o Ekstra Bladet, o jogador terá estado ontem mesmo em Lisboa, em escala, depois de um período de férias em Nova Iorque, tendo tido um encontro com responsáveis do Benfica para assinar o acordo.

Wass tem 21 anos e é considerado uma das esperanças do futebol dinamarquês, tendo inclusive sido convocado, em Novembro, pelo seleccionador Morten Olson para o jogo particular com a República Checa, embora não tenha sido utilizado. Mikael Jakobsson, empresário do atleta, não abriu muito o jogo. "Não confirmo nada. Apenas posso dizer que sabemos do interesse de vários clubes europeus e que o futuro do Daniel será, muito provavelmente, noutra equipa", disse ao DN o agente FIFA, que admitiu ser o Benfica "um bom clube" para o lateral-direito.

Michael Manniche, antigo avançado do Benfica na década de 80, adiantou ao DN que Daniel Wass é "um jovem com muito potencial", mas que "está inserido numa equipa muito irregular". O único dinamarquês a jogar de águia ao peito considera que "ele precisa de ser integrado numa equipa estável para mostrar todo o seu potencial". Ainda assim, diz que "tem feito uma época muito regular".

Quem conhece bem Wass é o seleccionador dinamarquês de sub-21, Keld Bordingaard, que revelou em conversa com o DN que se trata de "um defesa-direito moderno". O técnico destacou que "Daniel tem uma boa capacidade de atacar sempre ao mesmo ritmo durante os 90 minutos". Além disso, acrescentou, "é um atleta que gosta de ter a bola e é muito bom a fazer cruzamentos para a área".

Bordingaard considerou Daniel Wass um jogador de futuro que, em sua opinião, "começou a impressionar nos últimos cinco meses", durante os quais se afirmou como titular do Brondby, tendo marcado três golos em 18 jogos.

Ler mais

Exclusivos