Confrontos entre adeptos e polícias precipitam final da festa no Marquês de Pombal

Benfica garantiu o 34.º título de campeão nacional do palmarés, mas o final da noite foi de violência. Ação da polícia acalmou perto das 03.00 da madrugada.

Os distúrbios registados nos festejos do Benfica pela conquista do título de campeão nacional de futebol, em Lisboa, ficaram praticamente controlados perto 03.00 da manhã.

Depois dos confrontos entre adeptos e Polícia de Segurança Pública (PSS) na Praça do Marquês de Pombal, os distúrbios continuaram em algumas artérias adjacentes, nomeadamente na avenida Fontes Pereira de Melo, conforme constatou a agência Lusa no local.

Cerca de três dezenas de adeptos que continuavam a arremessar pedras e garrafas foram sendo afastados pela Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP, cujos elementos subiram toda a avenida até à Praça Duque de Saldanha, onde foram incendiados pelo menos dois caixotes de lixo.

Perto das 03.00 da manhã, os elementos da UEP pararam esta ação de 'varrimento' cerca de hora e meia depois dos primeiros incidentes que ocorreram no Marquês de Pombal, já quando a equipa do Benfica celebrava o título com as dezenas de milhares de adeptos que ali se concentraram a partir das 20:00 de domingo.

"O foco de desordem iniciou-se no interior da multidão. A polícia teve de intervir. Houve arremesso de garrafas e de pedras contra a polícia", afirmou o subcomissário da PSP Hugo Abreu, em declarações prestadas à SIC, na Praça do Marquês do Pombal. Adeptos e agentes da polícia ficaram feridos, mas o número de vítimas ainda não foi contabilizado.

A noite da festa benfiquista ao minuto:

02.28 - O subcomissário da Polícia de Segurança Pública (PSP) Hugo Abreu afirmou que os incidentes durante os festejos do Benfica tiveram início no "interior da multidão" e que "há vários feridos". "O foco de desordem iniciou-se no interior da multidão. A polícia teve de intervir. Houve arremesso de garrafas e de pedras contra a polícia", explicou à SIC Hugo Abreu. O responsável da PSP referiu que "ainda não foi contabilizado o número de feridos", embora revelando que "há adeptos do Benfica e elementos da PSP feridos".

02.20 - A polícia dispersou os adeptos, mas ainda há alguns confrontos noutras ruas perto do Marquês de Pombal. Luisão, o capitão do Benfica, tentou apelar à calma, mas a festa terminou da pior maneira.

01.20 - Confrontos entre adeptos e a polícia durante a festa no Marquês. Alguns adeptos lançaram lixo, garrafas, pedras e petardos contra adeptos e forças de segurança. Polícia reagiu. Não haverá feridos graves a registar. Polícia está a dispersaras pessoas.

00.35 - O autocarro do Benfica chega, enfim, à Rotunda do Marquês de Pombal, juntando-se aos milhares de adeptos que o aguardava. Os futebolistas serão chamados um a um para receberem a respetiva ovação.

00.18 - O autocarro do Benfica inicia, agora, a viagem rumo à Rotunda do Marquês de Pombal.

00.05 - Os jogadores, ainda no aeroporto da Portela, continuam a fazer a festa, enquanto cumprem o tradicional percurso antes de saírem do terminal.

23.53 - A equipa do Benfica já está em Lisboa, tendo aterrado pouco antes da meia-noite e da hora prevista. Segue-se a festa junto dos adeptos, na Rotunda do Marquês de Pombal, "pintada" de vermelho.

22.45 - A comitiva benfiquista ainda irá embarcar rumo a Lisboa, prevendo-se que só chegue à capital depois da meia-noite.

22.35 - Luís Filipe Vieira, em declarações à BTV, diz que é tempo de "festejar", mas depois "há que pensar na Taça da Liga" e "começar a preparar já a próxima época".

22.20 - Este é o 74.º título conquistado pelo Benfica: igualou o FC Porto no estatuto de clube português com mais conquistais oficiais no futebol profissional.

22.15 - O autocarro do Benfica chegou ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, já rodeado de centenas de adeptos. Seguir-se-á o voo para Lisboa.

22.10 - David Luiz e Pablo Aimar, campeões pelo Benfica em 2009/10, deixaram mensagens de felicitação ao Benfica, através da BTV, com palavras especiais para Jorge Jesus e Luís Filipe Vieira. David Luiz deixa a promessa: "Se Deus quiser, no futuro vamos estar juntos novamente."

22.05 - Lembra-se de Jorge Jesus a ajoelhar no Dragão? Dois anos depois, é a vez de Julen Lopetegui. A BTV aproveitou para mostrar o momento.

22.00 - Se ficar em 2015/16 no Benfica, Jorge Jesus poderá ter a oportunidade de igualar Otto Glório no estatuto de treinador com mais títulos pelas águias.

21.55 - Jorge Jesus utilizou 28 jogadores até ao momento na I Liga. Maxi Pereira, Luisão, Gaitán, Lima e Jonas foram dos que mais se destacaram.

21.50 - O Benfica esperou 31 anos para voltar a ser bicampeão. Agora, luta pelo primeiro tricampeonato desde 1977.

21.45 - Jorge Jesus, para já, vai estando mais "reservado" do que nos festejos de 2013/14, depois de uma temporada em que tenta que "reinventar" o plantel.

21.43 - Enquanto viajam rumo a Lisboa, os jogadores do Benfica aproveitam para partilhar mensagens nas redes sociais, com fotos da festa encarnada.

21.40 - O Benfica assumiu a liderança da I Liga em setembro de 2014 e não mais a largou. Recorde algumas das incidências da temporada.

21.37 - O autocarro do Benfica segue viagem, naturalmente com os jogadores em momento de euforia.

21.35 - Luisão conquistou o 4.º título ao serviço do Benfica, igualando Ricardo Quaresma entre os futebolistas em atividade. Helton lidera a lsita, com sete.

21.30 - Com ou sem Jorge Jesus, Luís Filipe Vieira já assumiu que 2015/16 será época de aposta na formação.

21.25 - São já milhares os adeptos que se concentram na Rotunda do Marquês de Pombal, embora os jogadores só lá devam chegar depois da meia-noite.

21.15 - Além de garantir a conquista do título, o Benfica assegurou a entrada no pote 1 do sorteio da Liga dos Campeões, ultrapassando o FC Porto.

21.05 - Haverá tricampeonato em 2015/16? O projeto de Luís Filipe Vieira aposta que sim. Leia mais aqui.

21.00 - Luís Filipe Vieira, para já, não se alonga em declarações. Limitou-se a dizer que quer festejar na Rotunda do Marquês de Pombal e deixou uma 'indireta' ao treinador do FC Porto, Julen Lopetegui: "O Benfica sempre teve um manto protetor: os sócios."

20.55 - Jorge Jesus, para já, não fala sobre o futuro: "A alteração estrutural do Benfica foi feita ao longo dos seis anos. Equipa e estrutura. Temos vindo a crescer. Somos equipa que ganha títulos ou os disputou. Há diferença para quem não ganha, nem chega a disputar. Quando não ganhou, foi sempre até à última e isso mostra a capacidade dos grandes. Vencer bicampeonato era o que queríamos." Leia mais reações do técnico aqui.

20.45 - Jorge Jesus reage à revalidação do título: "O que me vai na alma é o de sempre. Trabalhar em função daquilo que é o Benfica e os seus objetivos. Sempre respeitando os adversários e nossa qualidade de jogo (...) Os jogadores e adeptos estão de parabéns. E mais gente, incluindo a estrutura da SAD e futebol. Os grandes vencedores do bicampeonato foram os jogadores."

20.40 - Jorge Jesus começa a conferência de imprensa de análise ao Vit. Guimarães-Benfica (0-0), embora o foco seja, naturalmente, o título conquistado hoje.

20.30 - Com o título conquistado hoje, Jorge Jesus torna-se o terceiro treinador português a ganhar três campeonatos.

20.19 - Jonas: "É o meu primeiro ano, estou muito feliz. Fiz uma grande época, com o apoio dos companheiros e adeptos. Estamos todos felizes por termos conseguido o campeonato."

20.17 - Salvio: "Foi muito difícil, mas conseguimos o título, com a união deste grupo defendemos o título. Claro [que quero ser tricampeão]. Hoje é momento de festejar, na temporada que vem queremos ser novamente campeões."

20.14 - Gaitán: "É muito bonito repetir o que fizemos o ano passado, no começo saíram jogadores muito importantes e entraram outros. Ajudámos os que chegaram. Não sei se foi mais difícil, mas o objetivo era ser campeão. Seguro, que quero ser 'tri'. Estou muito contente por estar cá."

20.10 - Lima: "Quero agradecer aos adeptos, tivemos dificuldades, mas é merecedor. Desde a quinta jornada que somos lideres, ser bicampeão é fantástico. Foi mais difícil do que a época passada, o Benfica não era bicampeão há 30 anos [n.d.r. 31], a responsabilidade era maior."

20.00 - O Benfica inicia os festejos do 34.º título de campeão nacional, ainda no relvado do D. Afonso Henriques. Seguem-se as entrevistas rápidas e os primeiros "banhos" de champanhe.

O Benfica garantiu, neste domingo, a conquista do título de bicampeão nacional, feito que já não alcançava desde 1984.

Os pupilos de Jorge Jesus asseguraram, na penúltima jornada da I Liga, a conquista do 34.º título de campeão da história do clube.

É, também, o terceiro título de campeão desde que Jorge Jesus assumiu o comando técnico das águias, em 2009, e uma conquista que vale a entrada no pote 1 da fase de grupos da Liga dos Campeões 2015/16.

A chegada do Benfica ao Aeroporto de Lisboa está prevista para a meia-noite, seguindo-se a viagem para a Praça do Marquês de Pombal, onde os jogadores poderão festejar junto de milhares de adeptos.

Exclusivos