Benfica vence e soma 30 jogos 'nacionais' sem perder

Enzo Pérez, Lima e Rodrigo carimbam um triunfo tranquilo sobre o Vit. Setúbal e igualam o FC Porto como melhor ataque da Liga. Rivais conseguem feito histórico para o futebol português.

O Benfica voltou a colar-se ao FC Porto na liderança da Liga, ao derrotar o Vitória de Setúbal por 3-0, neste domingo, no Estádio da Luz, em jogo da 17.ª ronda da competição. Os encarnados igualaram o registo dos dragões como melhor ataque da Liga, com 45 golos, mas estão ainda em desvantagem na diferença de golos, com mais quatro sofridos do que os bicampeões nacionais. O Benfica, porém, mantém a maior série de invencibilidade em vigor em Portugal: 30 jogos sem perder, entre campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga, e dez meses desde a última derrota a nível interno.

Jorge Jesus frisou que "meio a zero" bastaria para o Benfica conseguir o seu objetivo, que era vencer, mas muitos adeptos encarnados acreditavam que seria possível vencer com uma grande margem, na tentativa de reforçar o saldo na liderança da golos. E o início de jogo não poderia ter sido mais promissor: Enzo Pérez, aos cinco minutos, meteu a bola na "gaveta" com um remate em arco e abriu o ativo.

Esperava-se que o Benfica fosse fiel ao seu estilo de jogo - pressão alta, no último terço do terreno, várias diagonais no ataque e muita profundidade pelos flancos -, mas os encarnados foram gerindo o resultado com mais calma do que é habitual, tendo permitido alguns investidas aos sadinos, sobretudo pela zona central, órfã do castigado Matic. O Vitória, porém, raramente deu trabalho a Artur Moraes, tendo-se dado ao luxo de ter rematado ao lado do alvo em dois lances com a baliza praticamente "aberta" (a pontaria de Meyong já não mora no Bonfim).

O Benfica, em gestão de esforço, abriu a segunda parte com a confirmação do triunfo: Luisão assumiu o papel de assistente e, com um grande passe, colocou Lima na cara do golo. O avançado brasileiro fez o 10.º golo na Liga, ele que nos últimos nove jogos só não marcou ao FC Porto. Lima deu frutos, novamente aos 56 minutos, ao tabelar com Rodrigo e assistir o avançado hispano-brasileiro para o 3-0 final, com Cardozo a ver na bancada (foi poupado, tal como Melgarejo, pois terá jogo pela seleção do Paraguai).

Esta vitória do Benfica, aliada ao triunfo do FC Porto em Guimarães (0-4), constitui um registo histórico para o futebol português: pela segunda vez no século XXI, em todos os campeonatos profissionais da Europa, há duas equipas invictas na mesma competição, à 17.ª ronda. Só o campeonato holandês, em 2009/10, por PSV e Twente, conseguiu igual registo. Esta época, aliás, só sobram quatro equipas invictas nos campeonatos: Skënderbeu (Albânia) e Anorthosis (Chipre), para além de FC Porto e Benfica.

Filme do jogo:

90+4' Final do jogo! O Benfica vence o Vitória de Setúbal, por 3-0, golos de Enzo Pérez (4'), Lima (48') e Rodrigo (56'), e iguala a pontuação do FC Porto na liderança da Liga (45 pontos), bem como o melhor ataque (44 golos), tendo apenas desvantagem na diferença de golos (+32, abaixo do +36 dos dragões).

90' Quatro minutos de compensação...

87' Que falhanço de Jorginho! O Vitória desperdiça uma ocasião flagrante para marcar, com Jorginho a atirar ao lado da baliza, num lado em que "só" tinha que encostar.

85' Boa intervenção de Artur Moraes, após remate de Pedro Santos.

84' Substituição no Benfica. Saiu Enzo Pérez e entrou Urreta.

80' Benfica com 60% de posse de boa, diante de um Vitória que não conseguiu enquadrar nenhum remate com a baliza.

77' Benfica em gestão de esforço, com o desfecho do jogo já encontrado.

74' Cartão amarelo para Pedro Santos, por falta sobre André Gomes.

72' Em boa posição, Pablo Aimar remata para a bancada.

72' Substituição no Benfica. Saiu Rodrigo e entra Pablo Aimar.

71' André Gomes passa por dois adversários, entra na grande área e fica isolado, mas atirou para defesa de Kieszek. Na recarga, Nico Gaitán atirou muito por cima.

69' Substituição no Vitória. Saiu Bruno Turco e entrou Nélson Pedroso.

67' Pontapé livre de Bruno Amaro, a passar muito por cima.

64' Substituição no Benfica. Saiu Salvio e entrou Nico Gaitán.

61' Cartão amarelo para Maxi Pereira, por falta sobre Pedro Santos.

59' Substituição no Vitória de Setúbal. Saiu Miguel Pedro e entrou Pedro Santos.

57' Neste momento, o Benfica igualou o FC Porto no registo de melhor ataque da Liga: 44 golos cada.

55' GOLO DO BENFICA! RODRIGO FAZ O 3-0! Excelente combinação entre os dois avançados do Benfica, com Rodrigo a lançar Lima e a correr para o segundo poste, onde apareceu para encostar, já com Kieszek batido.

53' Benfica na rota do terceiro golo, face à baixa pressão exercida pelo Vitória de Setúbal.

48' GOLO DO BENFICA! LIMA FAZ O 2-0! O brasileiro faz o décimo golo na Liga, com assistência de Luisão, que isolou o compatriota com um passe de 30 metros. Lima, na "cara" de Kieszek, colocou a bola por baixo do corpo do guarda-redes.

45' Início da segunda parte! Bola para o Vitória.

45' Intervalo na Luz.

45' Três minutos de compensação...

43' Cartão amarelo para José Pedro, após entrada por trás de Enzo Pérez.

40' André Gomes, pela segunda vez na partida, entra sobre um adversário com os pitons da chuteira levantados, algo que motiva muitos protestos no banco do Vitória. Vasco Santos manda jogar.

38' Remate de longe de Bruno Amaro, muito ao lado do alvo. O lance nasce de uma falta não assinalada sobre Salvio, que motivou muitos protestos encarnados.

36' Que falhanço de Rodrigo! Lance de ataque conduzido por Maxi Pereira, que entrou na grande área e assistiu Rodrigo para constar para golo, mas o camisola 19 do Benfica atirou ao lado. Tinha tudo para fazer o golo.

32' Ataque de Miguel Pedro, desarmado já na grande área por Garay. Os sadinos estão a entrar muitas vezes no meio-campo do Benfica, pelo corredor central. Sente-se alguma falta de Matic.

29' Substituição no Vit. Setúbal. Saiu Bruno Gallo e entrou Zé Pedro.

28' Afinal, Bruno Gallo pede substituição. O médio brasileiro está com tonturas e já abandonou o recinto de jogo. Enzo Pérez, por sua vez, terá que jogar com uma ligadura na cabeça.

26' Enzo Pérez e Bruno Gallo chocam e ficam a sangrar. Os dois jogadores recebem assistência médica e deverão continuar em campo.

26' O Benfica está a acelerar pouco os seus ataques no meio-campo do Vitória, ao contrário do que é habitual.

24' Passe a "rasgar" de Ola John, ao qual Rodrigo não chegou por pouco.

23' Corte providencial e acrobático de Luisinho, numa altura em que Miguel Pedro poderia ter "fuzilado" a baliza do Benfica.

22' Ataque rápido do Vitória de Setúbal, com Artur Moraes a antecipar-se à desmarcação de Cristiano. Os sadinos tentam, aos poucos, reagir à desvantagem.

20' Benfica com 59% de posse de bola nos primeiros minutos.

17' Lima remata à meia volta, mas à figura de Kieszek.

14' Que perdida de Jorginho! Num bom lance de ataque dos sadinos, Miguel Pedro ganhou a linha e cruzou para a grande área, onde Jorginho, completamente sozinho e em zona de finalização, atirou ao lado do alvo.

11' Cruzamento muito perigoso de Salvio, a fazer o que quer de Ney Santos, que por pouco não deu em autogolo de Jorge Luiz.

8' Equipa sadina muito recuada no terreno e a tentar sair para o contra-ataque com lançamentos longos para as costas dos laterais do Benfica. Para já, sem sucesso.

5' GOLO DO BENFICA! ENZO PÉREZ FAZ O 1-0! Diagonal de Salvio e simulação de Maxi Pereira, com a defesa sadina toda "enfiada" na grande área. Toda a gente se esqueceu de Enzo Pérez, que à entrada da área atirou à "gaveta" com um belo remate em arco.

4' Fantástica defesa de Kieszek, após livre direto de Rodrigo, já perto da linha da grande área.

1' Vasco Santos apita para o início do jogo! Bola para o Benfica.

BENFICA: Artur Moraes; Maxi Pereira, Garay, Luisão e Luisinho; André Gomes, Enzo Pérez Salvio, Ola John; Rodrigo e Lima. Suplentes: Paulo Lopes, Jardel, Pablo Aimar, André Almeida, Urreta, Nico Gaitán e Alan Kardec.

VITÓRIA DE SETÚBAL: Kieszek; Pedro Queirós, Miguel Lourenço, Jorge Luiz e Ney Santos; Bruno Amaro, Bruno Turco e Bruno Gallo; Jorginho, Miguel Pedro e Cristiano. Suplentes: Caleb, Amoreirinha, Nélson Pedroso, Zé Pedro, Bruninho, Pedro Santos e Makukula.

Benfica e Vitória de Setúbal defrontam-se neste domingo, a partir das 20.15, no Estádio da Luz, em jogo da 17.ª jornada da Liga, com missões bem distintas: enquanto os encarnados tentarão igualar o FC Porto no topo e melhorar o saldo na diferença de golos, os sadinos tentam "fugir" à zona de despromoção, naquele que será o primeiro jogo da equipa de José Mota sem o goleador Meyong, que saiu para o futebol angolano.

O Benfica soma quatro vitórias consecutivas e é a única equipa invicta a nível interno. Embora o objetivo passe por somar três pontos - "nem que seja por meio a zero", disse Jesus -, os encarnados só regressarão à liderança da Liga caso vençam por, pelo menos, sete golos. Algo difícil de imaginar, mas este jogo traz à memória os 8-1 de 2009, no jogo em que Jorge Jesus começou a conquistar os "corações" dos adeptos benfiquistas.

Nesse jogo, Óscar Cardozo fez um 'hat-trick', mas desta vez o paraguaio não foi convocado, por ainda não estar nas melhores condições físicas. A missão ofensiva do Benfica ficará, por isso, entregue a Rodrigo e Lima, que está em grande forma (nos últimos oito jogos só não marcou ao FC Porto) e tentará ganhar terreno na lista de melhores marcadores da Liga - é quinto, com menos um golo que Edinho, que tem dez, atrás de Cardozo (13), Meyong (13) e Jackson (18).