Benfica vai apostar na formação "mas só porque é obrigado a isso"

Luís Filipe Vieira recupera "trunfo eleitoral" e promete apostar em força nos jovens do Seixal já na próxima época. Aposta divide treinadores João Alves e Manuel José, formados no Benfica.

São planos antigos de Luís Filipe Vieira, que têm raízes na candidatura do atual presidente do Benfica à liderança do clube, há 11 anos, mas que foram reafirmados. As águias passarão, a partir de 2015-16, a apostar em força na formação, com a presença de "quatro ou cinco jogadores" provenientes do Seixal na equipa principal.

"É irreversível devolver o clube às origens. Vamos dar início a um ciclo de jogadores formados dentro do Benfica e foi escolhida a próxima época para iniciarmos esse ciclo", reafirmou Vieira, em declarações ao jornal A Bola, ele que já havia manifestado, há anos, o desejo de garantir a "espinha dorsal da seleção nacional". Uma realidade bem distante - na última convocatória de Fernando Santos não figurou nenhum atleta do Benfica.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.