Benfica ganha campeonato das assistências

O Benfica foi a equipa que teve mais espectadores no seu estádio durante a edição 2010/11 da Liga portuguesa de futebol, apesar de ter perdido quase 200.000 adeptos em relação à última temporada.

Contudo, apesar de ter tido menos quase menos 20.000 adeptos que o Benfica, entre os "três grandes" é o FC Porto que tem a melhor média de ocupação do seu estádio, com 73,39 por cento, contra os 58,69 por cento dos "encarnados".

De acordo com os números da Liga de clubes, o Benfica teve, esta temporada, 572.197 espectadores (38.146 por jogo), enquanto no Estádio do Dragão estiveram 554.800 (36.986).

O Sporting teve quase menos 200.000 espectadores que o Benfica esta temporada, terminando os 15 jogos em casa com 372.864 adeptos (24.857 por jogo).

O top-5 da Liga portuguesa é concluído pelos dois "rivais" do Minho, com o Sporting de Braga a ter 217.630 espectadores, enquanto o Vitória de Guimarães teve 209.235.

O Marítimo é a equipa que tem a melhor média de ocupação do seu recinto, com 77,58 por cento, embora tenha apenas uma média de 3.439 espectadores por jogo.

Ao nível dos jogos com mais adeptos, o Benfica também lidera, sendo que quatro dos cinco jogos mais vistos foram no Estádio da Luz.

A recepção ao Marítimo foi o jogo mais visto ao vivo, com 54.991 espectadores, seguido pelo encontro dos "encarnados" com o Vitória de Guimarães (54.927) e a partida com o Sporting (51.899). Com 49.817 adeptos, o encontro entre o FC Porto e o Benfica foi o quarto mais visto, com predomínio da Luz e do Dragão a ser apenas quebrado na 16.ª posição desta tabela, com a recepção do Sporting aos "encarnados" (36.442).

A Naval 1.º de Maio foi a equipa que registou menos no seu estádio, com 24.053 espetadores ao longo da temporada, uma média de 1.603 por jogo.

Em relação aos números gerais, estiveram nos 16 estádios da Liga portuguesa 2.419.683 espectadores, naquela que foi a temporada com menos adeptos nas últimas quatro. Em 2009/10, foram aos estádios lusos 2.616.301 adeptos, menos do que em 2007/08 (2.690.791), mas quase mais 100.000 que em 2008/09 (2.493.653).