Benfica foi sempre goleado em Munique e nunca ganhou ao Bayern

Benfica vai defrontar o Bayern pela sétima vez e não tem jogos de boa memória frente aos alemães

O sorteio dos quartos-de-final da Liga dos Campeões ditou que Benfica e Bayern Munique vão defrontar-se pela sétima vez. E o historial de confrontos entre os dois clubes não deixa as águias com motivos para sorrir.

O primeiro embate entre Benfica e Bayern ocorreu nos "quartos" da Taça dos Campeões Europeus, em 1976. Depois de um 0-0 na Luz, as águias perderam por 5-1 em Munique, sofrendo cinco golos na segunda parte. Nené fez o golo benfiquista.

Cinco anos depois, novo embate europeu, agora na segunda ronda do anterior formato da Champions. No Estádio da Luz, registou-se novamente um 0-0. Mas na segunda mão, em Munique, o Bayern goleou por 4-1, com um "hat-trick" de Dieter Hoeness. Nené voltou a marcar, de penálti.

Catorze anos depois, agora na terceira ronda da Taça UEFA, repetiu-se o 4-1 na Alemanha. Klinsmann fez um "póquer", depois de Dimas ter feito o golo benfiquista. Na segunda mão, Valdo abriu o marcador na Luz, o Bayern acabou por vencer por 3-1, com mais dois golos de Klinsmann.

No historial contra equipas portuguesas, o Bayern venceu 14 jogos, empatou oito e perdeu dois - a final da Taça dos Campeões Europeus, em 1987, e a primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões 2014/15, em ambos os casos frente ao FC Porto.

No último encontro com equipas lusas, o Bayern "massacrou" o FC Porto em Munique, há um ano, por 6-1. Quando defrontou o Sporting, em 2009, ganhou por 5-0 em Alvalade e 7-1 na Alemanha.

No historial absoluto contra equipas germânicas, o Benfica venceu 12 jogos, empatou 13 e perdeu 15.

Exclusivos

Premium

Crónica de Televisão

Os índices dos níveis da cadência da normalidade

À medida que o primeiro dia da crise energética se aproximava, várias dúvidas assaltavam o espírito de todos os portugueses. Os canais de notícias continuariam a ter meios para fazer directos em estações de serviço semidesertas? Os circuitos de distribuição de vox pop seriam afectados? A língua portuguesa resistiria ao ataque concertado de dezenas de repórteres exaustos - a misturar metáforas, mutilar lugares-comuns ou a começar cada frase com a palavra "efectivamente"?

Premium

Margarida Balseiro Lopes

O voluntariado

A voracidade das transformações que as sociedades têm sofrido nos últimos anos exigiu ao legislador que as fosse acompanhando por via de várias alterações profundas à respetiva legislação. Mas há áreas e matérias em que o legislador não o fez e o respetivo enquadramento legal está manifestamente desfasado da realidade atual. Uma dessas áreas é a do voluntariado. A lei publicada em 1998 é a mesma ao longo destes 20 anos, estando assim obsoleta perante a realidade atual.