As promessas de Vieira para o próximo mandato

Três campeonatos, uma final europeia, 50 títulos nas modalidades amadoras e jogos na Benfica TV são os objetivos a que Vieira se propõe para o seu quatro mandato.

Entre algumas promessas que ficaram por cumprir e títulos por conquistar, a maioria dos sócios do Benfica continua a confiar em Luís Filipe Vieira para liderar o clube.

O dirigente de 63 anos, o primeiro da história do clube da Luz a ser eleito para quatro mandatos, anunciou o "projeto 3+1+50" durante a sua campanha eleitoral, o qual visa conquistar, nos próximos quatro anos, "três campeonatos" nacionais no futebol, bem como em chegar a "uma final europeia". Para as modalidades, o objetivo passa por vencer "50 campeonatos" nas modalidades.

Depois de ter insistido, ainda antes da campanha eleitoral, que o Benfica seria forçado a continuar a vender jogadores, "porque há contas para pagar", Luís Filipe Vieira vincou que tudo fará para "assegurar que os jovens não vão sair", de modo a "criar uma identificação com a massa associativa".

O presidente do Benfica, que está a 39 dias de se tornar no líder com maior longevidade no clube, superando Bento Mântua (1917-1926), anunciou, ainda, que não renovará o contrato com a Olivedesportos, garantido que será a Benfica TV a assumir as transmissões dos jogos do Benfica a partir da próxima época.

Outra das medidas anunciadas para o novo mandato passa por baixar o preço dos bilhetes para assistir aos jogos do Benfica, bem como as cotas dos sócios. O passivo de 426,1 milhões de euros, garante, "está controlado". Quanto a eventuais reforços no mercado de inverno, Luís Filipe Vieira garantiu que "vai haver novidades em dezembro".

Ler mais

Exclusivos