Aeroporto de Turim desvia voos para Milão

São esperados 55 voos charters de Sevilha e 65 de Lisboa: 33 esta terça-feira e mais 32 no dia do jogo, quarta-feira, para ver a final da Liga Europa entre o Sevilha e o Benfica.

As agências de viagens que fretaram aviões para Turim (Itália) estão a ser informadas de que o aeroporto da cidade, que acolhe esta quarta-feira a final da Liga Europa entre o Sevilha e o Benfica, não está a ter capacidade para receber tantos voos charters (além do trânsito normal dos aviões) e que alguns dos voos vão ser desviados para Milão (que fica a 142 Km).

O que significa que os adeptos têm depois de percorrer de comboio, carro ou autocarros assegurados pelas agências de viagem.

Esta situação está a causar incómodo a muitos dos adeptos, principalmente os que vão viajar no dia da final, com receio de não chegarem a tempo do jogo. Mas outros referem que é a oportunidade de uma vida e que não se importam de fazer o desvio para Milão.

Alguns dos bilhetes, aliás, já foram vendidos nessa condição. Nos bilhetes de embarque está Lisboa-Turim ou Milão e vive versa. O que as agências não esperavam era uma rotura do aeroporto tão cedo.

A final da Liga Europa está a valer um recorde ao aeroporto de Turim, que nunca recebeu tantos voos charter num só dia. De Sevilha estão previstos 55 voos charter e de Lisboa 65! Desses, 32 voos são esperados esta terça-feira e 33 só na quarta-feira, no dia do jogo.

Para a final da Liga dos Campeões, em Lisboa, dia 24, o Governo português decidiu abrir o aeroporto durante toda a noite para permitir a chegada de mais de 50 mil espanhóis esperados na capital para ver o Real Madrid- Atlético de Madrid.

Ler mais

Exclusivos