Federação Portuguesa de Natação quer pedido de desculpas de Rui Vitória

A forma como Rui Vitória falou sobre a natação motivou uma reação crítica por parte da Federação da modalidade

A Federação Portuguesa de Natação exige que Rui Vitória faça um pedido de desculpas, após o técnico do Benfica ter dito, na antevisão ao jogo com o Rio Ave, que "se quisesse outra carreira ia para a natação", pois "estava sozinho debaixo de água, batia com a cabeça na parede e voltava para trás".

Em comunicado, António Silva, presidente da FPN, diz que Vitória revelou "falta de cultura desportiva" e um "total desconhecimento de uma modalidade olímpica que merece respeito".

"O fair play no desporto exige respeito pelas modalidades. Espera-se mais de um treinador de uma grande equipa de futebol, no plano cultural e cívico (...) Os mais de 50 mil nadadores filiados, assim como os seus treinadores, dirigentes, árbitros e demais família da Natação sentiram-se indignados com o teor destas declarações, reclamando uma retratação pública", reage a FPN.

António Silva recordou, ainda, que "estão a decorrer em Coimbra uma das mais importantes competições do calendário Nacional, os Campeonatos de Clubes da 1.ª e 2.º Divisão, com a presença de cerca de 450 nadadores em representação de 32 clubes, e, naturalmente, ainda ninguém bateu com a cabeça nas paredes".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG