Ex-futebolista Fábio Faria vai completar estudos

O ex-jogador do Benfica recebeu esta terça-feira um cheque de formação que lhe permite frequentar um curso superior de Gestão do Desporto, em iniciativa do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) e instituto Superior da Maia (ISMAI).

Fábio Faria, ex-atleta de clubes como Benfica, Paços de Ferreira, Valladolid e Rio Ave, que em 2013, com 23 anos, teve de abandonar a carreira precocemente devido a problemas cardíacos, recebeu, esta terça feira de manhã, das mãos dos responsáveis das duas instituições a oferta, garantindo que vai "aproveitar a oportunidade".

"Quero ser um exemplo. Apesar do futebol, para mim, ter acabado prematuramente, quero provar que o Mundo não acaba, que a vida continua para um jogador e que temos de continuar a trabalhar. Vai ser bom para mim", disse Fábio Faria.

O jogador, que será embaixador de um projeto de solidariedade do SJPF, que visa ajudar futebolistas, no ativo ou não, com dificuldades financeiras, de saúde e sociais, foi também apontado como "um exemplo" por Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato.

"O Fábio é um exemplo de um jogador que teve que abandonar precocemente a carreira, mas que está a perspetivar o seu futuro, apostando na sua formação académica. Esperamos que tenha sucesso e que outros o possam seguir", disse o dirigente.

Joaquim Evangelista lembrou: "Estamos habituados a olhar para os jogadores como alguém que tem uma condição acima da média. Mas infelizmente eles também sofrem eventualidades e têm de ser apoiados".

Neste âmbito da formação, o líder do SJPF afirmou que "a prioridade do Sindicato é a preparação dos jogadores para, finda a sua carreira, desenvolverem uma outra atividade, em particular no desporto".

Como parceiro fundamental nesta iniciativa, o ISMAI, na voz do presidente da Instituição, Domingos Oliveira Silva, garantiu que "esta formação aos jogadores antecipa uma valorização profissional e pessoal".

Presentes nesta cerimónia estiveram representantes de Rio Ave e Paços de Ferreira, clubes por onde Fábio Faria passou, assim como José Neto, docente universitário na área das Ciências do Desporto e de Treino Desportivo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG