Dois treinadores espanhóis apontados ao Benfica

Valverde e Marcelino Toral são vistos como possíveis sucessores de Jorge Jesus, depois de Luís Filipe Vieira ter tido uma resposta negativa de Rui Faria, adjunto de Mourinho.

Jorge Jesus e a sua possível saída do Benfica são, este domingo, notícia em Espanha, onde a rádio Cadena Ser aponta dois treinadores espanhóis ao comando técnico dos encarnados.

Ernesto Valverde, que está de saída do Olympiakos (Grécia), e Marcelino Toral, que foi despedido do Sevilha devido aos maus resultados, são os treinadores apontados à sucessão de Jorge Jesus.

O primeiro, de 48 anos, foi futebolista do Barcelona e em 2006 levou o Espanyol à final da Taça UEFA. Depois de ter conquistado mais um titulo de campeão grego para o Olympiakos, decidiu que vai deixar o futebol grego - Vítor Pereira e Domingos Paciência, curiosamente, já foram apontados à sua sucessão. Marcelino Toral, por sua vez, tem 46 anos e foi despedido do Sevilha devido aos maus resultados.

Jorge Jesus, no entanto, tal como o DN já noticiou, quer permanecer ao serviço do clube da Luz, embora ainda não saiba qual a decisão final de Luís Filipe Vieira. O treinador não admite treinar mais nenhum clube em Portugal nesta altura, por isso a hipótese FC Porto está fora de questão. Jesus já foi apontado ao Valência, que entretanto anunciou, através de um porta-voz, que não chegou a acordo com Villas-Boas para que o ex-técnico do Chelsea sucedesse a Unai Emery.

Luís Filipe Vieira, recorde-se, conforme o DN noticiou atempadamente, tem feito algumas sondagens a treinadores para uma eventual sucessão de Jorge Jesus. Uma das últimas foi a Rui Faria, treinador adjunto de José Mourinho no Real Madrid, mas o técnico português rejeitou o convite do presidente do Benfica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG