Cardozo deixa o FC Porto e Jackson para trás

Cardozo supera a barreira dos cem golos no campeonato, com mais um "hat-trick", e volta a aproveitar uma expulsão e um penálti para dar a volta a um jogo. Benfica é "campeão de inverno".

Óscar Cardozo deixou o FC Porto e Jackson Martínez para trás na despedida de 2012, ao ter assinado um "hat-trick" na vitória do Benfica na receção ao Marítimo, por 4-1, em jogo da 12.ª jornada da Liga. Os encarnados ganham três pontos de vantagem sobre o FC Porto (menos um jogo), na liderança da Liga, e asseguram a conquista do simbólico título de "campeão de inverno", graças a seis golos em dois jogos do melhor marcador da Liga.

'Tacuara', que voltou a derrubar as aspirações de um adversário após penálti e consequente expulsão, chegou aos 13 golos no campeonato, mais três do que o rival Jackson Martínez. O número da noite, porém, foi outro: o paraguaio superou a barreira dos cem golos no campeonato, tendo chegado aos 101 de águia ao peito na Liga. São 144 remates certeiros em 231 jogos pelos encarnados, com Cardozo a ser o responsável por mais de 27% dos golos do Benfica desde que chegou à Luz, em 2007. O melhor marcador estrangeiro da história do Benfica, muitas vezes mal amado, mantém o "defeito" de sempre: faz golos.

O Marítimo, que chegou à Luz com uma série de sete jogos sem perder, ainda assustou durante alguns minutos os encarnados. Depois de o Benfica já ter desperdiçado uma série de oportunidades, com Ola John endiabrado no flanco esquerdo, os insulares aproveitaram uma bola parada e queimaram o limite do fora de jogo para se adiantarem no marcador, por intermédio de Rodrigo Antônio, aos 25 minutos. A festa, porém, durou apenas nove minutos. O Benfica dominou e pressionou sempre, do primeiro ao último minuto, e chegou ao empate aos 34', com Cardozo a encostar o cabeceamento de Salvio para o fundo das redes.

A segunda parte foi de sentido único, mas à imagem do que sucedeu em Alvalade foi um penálti e uma expulsão a "desbloquearem" o jogo do Benfica. Alheio à discussão "bola no braço ou braço na bola" de Roberge, que foi expulso, Cardozo atirou para o "centenário" no campeonato, apontando o sexto golo de penálti da temporada, ao minuto 65. Instantes depois, graças à insistência de Lima sobre o guarda-redes Ricardo, Cardozo ganhou uma bola "perdida" e fez o segundo "hat-trick" consecutivo na Liga, feito inédito na carreira do paraguaio.

Jorge Jesus tirou Cardozo de campo ao minuto 86, lançando Rodrigo, e o jovem avançado mostrou-se um digno substituto de Cardozo, ao consumar a goleada na primeira vez que tocou na bola, após assistência de Melgarejo. Destaque, ainda, para uma "monstruosa" exibição de Matic no meio-campo do Benfica, ele que tem feito o que parecia ser impossível para um só jogador: fazer esquecer Javi Garcia e Witsel, que dividiam e enchiam o meio-campo; mas o sérvio fá-lo sozinho. O Benfica, pela terceira vez na "era" Jorge Jesus, volta a ser "campeão de inverno", algo que esteve dez anos sem conseguir até à chegada do técnico à Luz, e é a única equipa invicta a nível interno esta época. O clássico com o FC Porto, marcado para 13 de janeiro, começa a aquecer.

90+3' Final do jogo! O Benfica goleia o Marítimo, por 4-1, com um "hat-trick" de Cardozo e um golo de Rodrigo, após Rodrigo Antônio ter adiantado os insulares no marcador. O paraguaio já é o goleador destacado da Liga, com 13 remates certeiros, e o Benfica ganha três pontos de vantagem sobre o FC Porto, que tem menos um jogo.

90' Três minutos de compensação...

88' GOLO DO BENFICA! RODRIGO FAZ O 4-1! Entrou, tocou na bola após cruzamento de Melgarejo e marcou. Passe fantástico de Matic para o paraguaio. O sérvio só não é a figura do jogo por causa dos golos de Cardozo.

86' Substituição no Benfica. Saiu Óscar Cardozo e entrou Rodrigo.

83' Substituição no Benfica. Saiu Ola John e entrou Nico Gaitán.

80' A partida decorre com o Benfica na rota do 4-1, numa noite de particular falta de pontaria para o ataque encarnado. A exceção chama-se Óscar Cardozo.

74' Substituição no Marítimo. Saiu Danilo Dias e entrou Heldon.

72' Remate forte de Cardozo, ao lado do alvo. Os jogadores do Marítimo esperam pelo apito final, não tendo muito mais a fazer do que tentar evitar a goleada.

71' Cartão amarelo para Melgarejo, por tentar simular uma falta para penálti.

69' GOLO DO BENFICA! ÓSCAR CARDOZO FAZ O 3-1! Mais um "hat-trick" para o paraguaio, depois de também ter feito três golos em Alvalade. São já 13 os golos no campeonato, que deixam Jackson Martínez para trás, com 10 golos. No 101.º golo no campeonato, o paraguaio só teve que "fuzilar" a baliza, após Lima ter ganho o lance ao guarda-redes Ricardo.

68' Substituição no Marítimo. Saiu Rodrigo Antônio e entrou João Guilherme.

66' GOLO DO BENFICA! ÓSCAR CARDOZO FAZ O 2-1! O paraguaio bate o castigo máximo com toda a calma, faz o sexto golo de penálti na Liga e chega aos 100 golos pelos encarnados no campeonato.

64' Penálti para o Benfica e expulsão para o Marítimo! Hugo Pacheco considera que o central francês tocou na bola com o braço. Muitos protestos, mas a decisão está tomada.

63' Rúben Ferreira adianta muito a bola e perde o lance para Jardel, perdendo a oportunidade de se isolar.

61' Benfica com 70% de posse de bola e 15 remates, apenas 5 à baliza. O Marítimo marcou no único remate que fez à baliza, em três tentativas.

58' Substituição no Marítimo. Saiu David Simão, muito assobiado em "casa", e entrou Luís Olim.

57' Lima acerta em cheio na barreira, na conversão de um livre direto.

56' Cartão amarelo para Roberge, por protestos. Livre que poderá ser muito perigoso para a baliza do Marítimo.

53' O jogo decorre com sentido único: a baliza do Marítimo. A manter-se este ritmo, será uma questão de tempo - ou de pontaria - até o Benfica dar a volta ao resultado.

51' Ricardo Ferreira trava o cabeceamento de Lima, que foi à figura do guardião dos insulares.

49' Cardozo, de cabeça, não conseguiu desviar a bola para a baliza, após canto batido por Salvio, o oitavo para o Benfica na partida. O Marítimo ainda não conquistou nenhum.

46' Início da segunda parte. Bola para o Marítimo.

- Substituição no Benfica. Saiu André Gomes e entrou Enzo Pérez.

45' Intervalo na Luz. O Marítimo resistiu a 45 minutos de pressão e domínio do Benfica, que já construiu oportunidades de golos mais do que suficientes para ganhar vantagem no marcador. O golo de Rodrigo Antônio (25'), porém, deu uma vantagem surpreendente aos insulares, que só durou nove minutos, até Óscar Cardozo se ter tornado no melhor marcador da Liga, já com 11 golos.

45' Cartão amarelo para Danilo Dias, por falta sobre Melgarejo.

43' Roberge evita o golo do Benfica, depois de Salvio ter ultrapassado o guarda-redes Ricardo Ferreira.

41' Cartão amarelo para Maxi Pereira, que vai enfrentar um jogo de suspensão.

40' Remate de André Gomes, por cima do alvo.

38' Pedro Martins terá que pensar seriamente em fazer alterações no lado direito da defesa. João Diogo não está a oferecer qualquer entrave aos ataques de Ola John e está a obrigar Rodrigo Antônio e Roberge a irem demasiadas vezes às "dobras".

36' Benfica à beira da reviravolta. Melgarejo ganhou o ressalto na grande área e tocou para a pequena área, mas não apareceu ninguém para encostar. Muitas dificuldades para o Marítimo na Luz - tem uma autoestrada aberta no seu flanco direito para o Benfica atacar.

36' Remate perigoso de Sami, após evitar Maxi, mas ao lado do alvo.

34' GOLO DO BENFICA! ÓSCAR CARDOZO FAZ O 1-1! O Benfica chega com naturalidade ao empate, depois de mais um lance conduzido por Ola John no flanco esquerdo. Salvio cabeceou ao segundo poste e Cardozo, em cima da linha de golo, só teve de encostar, num lance onde a defesa do Marítimo conseguiu acumular três erros.

34' Ola John atira à malha lateral, na sequência de um ataque pelo flanco esquerdo.

33' Pressão muito forte do Benfica, com o Marítimo em dificuldades para conseguir segurar a vantagem. O golo encarnado parece ser uma questão de minutos.

33' Ricardo Ferreira evita o golo! Com Cardozo completamente isolado, o guarda-redes português conseguiu defender com a ponta do pé. Uma perdida incrível de Cardozo.

32' Maxi Pereira desperdiça uma boa ocasião na grande área, com um remate rasteiro que passou ao lado do alvo.

30' Cartão amarelo para André Gomes, por falta sobre David Simão.

28' Ricardo Ferreira trava, a dois tempos, um ataque de Lima.

25' GOLO DO MARÍTIMO! RODRIGO ANTÔNIO FAZ O 0-1! Uma grande surpresa na Luz, num lance que nasce numa bola parada batida por Danilo Dias. Há dois jogadores em aparente posição irregular, mas não foi possível perceber se um deles era Rodrigo Antônio, que aproveitou um ressalto em Jardel e rematou rasteiro para o fundo das redes.

23' Cardozo desperdiça. Depois de mais um ataque pelo flanco esquerdo, onde João Diogo parece "não existir", Lima serviu Cardozo na grande área, mas o paraguaio, com tempo e espaço para finalizar, atirou ao lado.

22' O Marítimo vai lutando com as suas armas e, para já, resiste à pressão alta e forte do Benfica.

20' Jardel deixa escapar a bola pela linha lateral, após bom cruzamento de Ola John.

18' Remate forte de Lima, após erro de Roberge, para defesa de Ricardo Ferreira.

15' Ricardo evita o golo! Bom golpe de cabeça de Lima, após cruzamento de André Gomes, para uma grande defesa de Ricardo Ferreira.

14' Que perdida de Salvio! O argentino recebeu a bola completamente sozinho na grande área, mas dominou mal e acabou por perder um lance de golo iminente, com Cardozo pronto para encostar para golo. Passe de 50 metros de Garay a dar origema o lance.

13' Fora de jogo mal "tirado" a Ola John, por centímetros, que teria ficado sozinho no flanco esquerdo.

11' Benfica com 82% de posse de bola até ao momento. Ainda não houve lances de golos iminente, mas os encarnados estão a pressionar com agressividade e a atacar com intensidade.

8' O Marítimo não está a conseguir a conseguir pressionar o adversário, nem a fechar as linhas de passe. O Benfica está a colocar bolas em profundidade, sobretudo no flanco esquerdo, com facilidade.

6' Cabeceamento de Matic, por cima do alvo.

5' Benfica completamente balançado para o ataque, a colocar muita gente em zonas de finalização.

3' Lance perigoso do Benfica, que colocou seis elementos na grande área do Marítimo, mas Lima não conseguiu encontrar espaço entre a "floresta" de pernas dos insulares.

3' Ola John tira dois cruzamentos perigosos a partir do flanco esquerdo, mas a defesa do Marítimo conseguiu limpar os dois lances.

1' Hugo Pacheco apita para o início do jogo! Bola para o Benfica.

BENFICA: Artur Moraes; Maxi Pereira, Jardel, Garay, Melgarejo; Matic, André Gomes, Salvio, Ola John; Lima e Óscar Cardozo.

MARÍTIMO: Ricardo; João Diogo, Márcio Rozário, Roberge, Rúben Ferreira; Rodrigo Antônio, Rafael Miranda e David Simão; Danilo Dias, Sami e Fidélis.

O Benfica tem este sábado a oportunidade de assegurar o simbólico título de "campeão de inverno" e de ganhar, provisoriamente, três pontos de vantagem sobre o FC Porto. Para tal, os encarnados terão que derrotar o Marítimo, no Estádio da Luz (20.30), tentando aproveitar o adiamento do Vit. Setúbal-FC Porto para janeiro. Jorge Jesus alertou que "o importante é terminar a época no primeiro lugar e não o inverno", embora tenham sido raras as vezes, nos últimos 20 anos, em que o Benfica passou de ano no topo.

Única equipa invicta a nível interno esta época, o Benfica tem no Marítimo um adversários tradicionalmente acessível em jogos em casa, tendo vencido 27 vezes em 32 receções. A última vez que o Marítimo venceu na Luz foi há 25 anos, mas em 2009, no dia da estreia de Jorge Jesus no comando técnico das águias no campeonato, os insulares conseguiram empatar a um golo. Os madeirenses estão no 8.º lugar e na luta pelos lugares "europeus", mas vão à Luz com o pior ataque da prova: apenas nove golos marcados. Cardozo, sozinho, tem mais que toda a equipa do Marítimo: dez.

O paraguaio é, precisamente, o homem do momento na Luz, depois de ter assinado um "hat-trick" em Alvalade, que o colocou no topo da lista de goleadores. São já 141 golos de águia em peito, em 230 jogos, ele que foi responsável por 26,7% dos golos dos encarnados desde 2007. Bater o recorde de 2009/10 será quase impossível (38 golos), mas Cardozo poderá ambicionar voltar a ser o melhor marcador da Liga portuguesa, tendo em Jackson Martínez a principal ameaça, tendo em conta que Meyong estará de saída do Vit. Setúbal. Resta saber se o Marítimo voltará a ser uma vítima de 'Tacuara'.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG