Aimar e Jorge Mendes 'resolveram' Roberto

Acerto de contas e intervenção do agente determinantes na verba paga pelo Saragoça 8,6 milhões de euros permitem ao Benfica lucrar 100 mil euros com o polémico espanhol

Terminou a epopeia de Roberto no Benfica. O guarda-redes espanhol foi ontem vendido ao Saragoça por 8,6 milhões de euros, mais 100 mil euros do que tinha custado aos encarnados há um ano. Segundo o DN apurou, este valor é o declarado oficialmente à CMVM, mas para isso contribuiu um acerto de contas entre o Benfica e o Saragoça e ainda a ajuda do agente FIFA Jorge Mendes na intermediação do negócio.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG