Adeptos do Braga partem vidros a carro que transportava benfiquistas

Um grupo de adeptos do Sporting de Braga partiu, hoje, os vidros de um carro que transportava benfiquistas à saída do túnel da Avenida da Liberdade, deixando-o com os vidros todos estilhaçados.

Os adeptos do clube local desceram da zona da Arcada para a Avenida da Liberdade, de modo a escaparem à acção do corpo policial que se encontra alguns metros acima, na Avenida Central, pronto para agir em caso de agressões entre adeptos.

Uma fonte policial disse à Lusa que se registaram pequenas escaramuças em várias zonas da cidade, mas, até agora, sem ferimentos registados, ligeiros ou graves.

A PSP teve de intervir contra um grupo de adeptos bracarenses que tentou agredir um simpatizante do Benfica que passava na zona a festejar a vitória na Liga portuguesa de futebol

A PSP de Braga disparou, mesmo, no centro da cidade, balas de borracha.

Fonte policial disse à Lusa que os agentes avançaram para o grupo de adeptos do Braga que se encontravam junto à Arcada, na Avenida Central, depois de estes terem insultado e tentado agredir o benfiquista.

Os agentes não chegaram a recorrer aos bastões, dado que os presentes fugiram de imediato.

No local, - onde a situação continua tensa - vários simpatizantes do Braga disseram à Lusa estarem determinados a não deixar que os benfiquistas ocupem o centro da cidade, garantindo que recorrerão à força e a pedras se tal for necessário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG