Bayern coloca sempre jogadores na final desde 1982. Restam três hipóteses

Desde o Mundial de Espanha que o clube bávaro tem vindo a estar sempre representado no jogo de atribuição do troféu, mas com a eliminação da Alemanha, cabe a França, Espanha ou Colômbia manter a tradição

O Bayern Munique tem colocado sempre, desde o Mundial 1982, jogadores na final do torneio. Esse facto poderá vir a confirmar-se pela 10.ª vez consecutiva em 2018, mas as probabilidades diminuíram devido à eliminação da Polónia de Robert Lewandowski e sobretudo da Alemanha, que contava com sete jogadores dos bávaros (Manuel Neuer, Mats Hummels, Thomas Müller, Niklas Süle, Jérôme Boateng, Joshua Kimmich e Sebastian Rudy).

Assim sendo, restam três jogadores em prova com hipóteses de manter a tradição: Corentin Tolisso (França), Thiago Alcântara (Espanha) e James Rodríguez (Colômbia). Mas para tal acontecer, não basta que as respetivas uma das três seleções cheguem à final, os futebolistas terão de jogar.

Eis os jogadores do Bayern em finais do Mundial desde 1982:

Espanha 1982: Paul Breitner, Wolfgang Dremmler e Karl-Heinz Rummenigge (Alemanha)

México 1986: Lothar Matthäus, Norbert Eder e Dieter Hoeness (Alemanha)

Itália 1990: Klaus Augenthaler, Jürgen Kohler e Stefan Reuter (Alemanha)

Estados Unidos 1994: Jorginho (Brasil)

França 1998: Bixente Lizarazu (França)

Coreia do Sul/Japão 2002: Oliver Kahn e Jens Jeremies (Alemanha)

Alemanha 2006: Willy Sagnol (França)

África do Sul 2010: Arjen Robben, Mark van Bommel e Edson Braafheid (Holanda)

Brasil 2014: Manuel Neuer, Jérôme Boateng, Thomas Müller, Philipp Lahm, Bastian Schweinsteiger, Toni Kroos e Mario Götze (Alemanha)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG