Pequim 2008: confirmado doping de Schumacher

Stefan Schumacher vai mesmo ser acusado de doping nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008: a contra-análise pedida pelo ciclista alemão confirmou a detecção de CERA, eritropoietina de acção prolongada que também foi encontrada nas amostras de outros cinco participantes na competição.

Schumacher, que negou ter-se dopado, vai combater a acusação, disse à agência de notícias desportivas SID o seu advogado: Michael Lehner contesta principalmente as circunstâncias nas quais o Comité Olímpico Internacional (COI) procedeu à análise da amostra B no laboratório de Paris.

O alemão já se encontra a cumprir uma sanção por doping com a mesma substância. Esse controlo positivo resultou também da reanálise de amostras recolhidas na Volta à França do ano passado. A Agência Francesa de Luta contra a Dopagem (AFLD) suspendeu-o por dois anos, em território francês, e a União Ciclista Internacional estendeu a sanção a nível internacional.

Schumacher recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) e a audiência está marcada para amanhã, segundo o site do tribunal. Se o TAS confirmar a sanção e o alemão for considerado culpado de doping em pequim 2008, o ciclista sujeita-se a ser punido com uma suspensão vitalícia.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG