Organização dos Jogos Pan-americanos desclassifica seis atletas por doping

Entre este grupo de atletas figura a fundista peruana Gladys Lucy Tejeda, vencedora da maratona e que acusou o diurético furosemida, uma substância 'mascarante'.

O Comité Executivo da Organização Desportiva Pan-americana (ODEPA), que organiza os Jogos Pan-americanos, que este ano decorreram em Toronto, em julho, anunciou na quarta-feira que desclassificou, por doping, seis atletas que disputaram provas no evento.

Entre este grupo de atletas figura a fundista peruana Gladys Lucy Tejeda, vencedora da maratona e que acusou o diurético furosemida, uma substância 'mascarante'.

Figuram também neste grupo a ciclista colombiana María Luisa Calle, a voleibolista porto-riquenha Sheila Ocasio Clemente, o atleta chileno Cristopher Guajardo, o futebolista panamiano Richard Peralta Robledoe a atleta equatoriana María Pastuña.

Depois de receber os resultados dos controlos antidoping, a organização dos Jogos Pan-americanos anulou os resultados obtidos pelos seis atletas em Toronto e notificou as respetivas federações internacionais, de acordo com o Código Mundial de Antidopagem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG