Pelé vai continuar internado devido a infeção respiratória

Hospital adianta que o antigo futebolista está "estável" e a reagir bem à medicação.

DN/Lusa
Pelé numa foto de 2018.© MAURO PIMENTEL / AFP

O antigo futebolista brasileiro Pelé está a ser tratado a uma "infeção respiratória", anunciou ontem o hospital de São Paulo onde está internado o tricampeão mundial de futebol.

Pelé, de 82 anos, dera entrada no Hospital Israelita Albert Einstein de São Paulo para reavaliação do tratamento a um cancro no cólon, mas acabou por sofrer uma infeção respiratória, "tratada com antibióticos", explica a equipa médica, que adianta que o seu estado geral está a melhorar.

"A resposta [de Pelé] foi adequada e o paciente está estável, com uma melhoria geral do seu estado de saúde. Vai continuar no hospital nos próximos dias, para continuar o tratamento", adiantou o hospital.

O cancro de Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido por Pelé, foi detetado em setembro de 2021. Depois da cirurgia, Pelé foi submetido a sessões de quimioterapia, que regularmente o obrigam a regressar ao hospital.

Na conta Instagram do antigo jogador, o 'rei' dizia, na quinta-feira, que se tratava de uma "visita mensal" de rotina e agradecia a todos os que o têm apoiado e os votos de melhoras.

A saúde de Pelé tem-se deteriorado acentuadamente, com problemas de coluna e joelhos a limitar a mobilidade, além de crises renais.