A família que vai competir nos Jogos Paralímpicos

Esta família de quatro vai representar o Reino Unido no Rio de Janeiro a jogar Boccia

Gary McCowan sempre achou que os filhos iriam jogar futebol e que os iria levar ao parque nos fins de semana para todos treinarem um bocado. Ao invés, Jamie e Scott McCowan começaram a jogar Boccia e vão agora representar o Reino Unido nos Jogos Paralímpicos.

O Boccia é um desporto de precisão, em que os atletas têm de arremessar bolas e chegar o mais próximo possível da bola branca, com o nome de "Jack", e foi descoberto pelos jovens após lhes ter sido diagnosticada uma distrofia muscular de Duchenne, uma doença degenerativa.

Os dois jovens começaram a praticar esta modalidade como brincadeira, até que a família percebeu que eles poderiam chegar longe. "Nós começamos a subir de nível [nas competições] e pensámos 'podemos fazer alguma coisa com isto'", contou Gary na reportagem da BBC.

"É uma coisa de família", continuou Gary. A modalidade tem sido mais uma cola para unir esta família de quatro. Enquanto Scott, de 25 anos, e Jamie, de 21 anos, jogam, os pais, Gary e Linda, são assistentes. Todos participam nas competições e vão para o Rio de Janeiro representar o seu país. "Tudo gira à volta do Boccia. É mais do que um desporto".

"Não há palavras para descrever o facto de nós os quatros conseguirmos experienciar isto", disse Jamie.

Gary contou que desistiu do emprego há um ano "para cuidar dos rapazes" e Linda diz que o faz porque os deixa felizes.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG