Empresas vão ter mesmo de avaliar desigualdades salariais

É oficial. As empresas portuguesas vão ter de revelar a sua política de distribuição salarial por géneros. A Assembleia da República aprovou esta quarta-feira, 18 de julho, em votação final global, um diploma que obriga as empresas com mais de 250 trabalhadores a fazerem um plano de avaliação das desigualdades salariais que se verifiquem entre homens e mulheres. O texto de substituição apresentado pela Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias relativo à proposta de lei do Governo foi aprovado com a abstenção de PSD e CDS-PP e votos favoráveis das restantes bancadas, oito meses depois da aprovação da […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt

Ler mais

Exclusivos