Carrilho volta a ser absolvido do crime de violência doméstica

O Tribunal da Relação de Lisboa absolveu, esta sexta-feira, 15 de março, o antigo ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho do crime de violência doméstica, pela segunda vez. “A decisão mantém-se absolutamente inalterada”, disse a magistrada Joana Ferrer. Manuel Maria Carrilho foi julgado por um crime de violência doméstica e por vinte de difamação contra a ex-mulher, a apresentadora televisiva Bárbara Guimarães, com quem esteve casado durante 12 anos. Violência doméstica: Ministério Público interrogou Carrilho sobre data trocada O pedido de uma nova sentença – a segunda no âmbito deste processo – foi motivado por um episódio em que Carrilho […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG