Exclusivo Viagem ao universo de cada um  

Despertar empatia por quem sofre doenças degenerativas é um dos objetivos da experiência imersiva apresentada pelo artista Tupac Martir em Lisboa. Faz parte do programa de diálogo entre artes e ciências que está a ser desenvolvido pela Fundação Champalimaud.

A que cheiram as memórias das vossas infâncias? Aos cozinhados da avó, ao giz na sala de aula, a uma tarde de verão à beira-mar? E se esses cheiros (ou gostos ou sensações) forem, afinal, uma das chaves para combater o envelhecimento da mente? Que papel podem ter recordações sensoriais, como estas, quando doenças degenerativas, como o Alzheimer, condenam quem delas sofre ao gradual apagamento de si mesmos? Esta é uma das questões levantadas pelo espectáculo multimédia "Cosmos within us", apresentado no Centro Champalimaud, em Lisboa.

Concebida pelo artista multimédia mexicano Tupac Martir, esta experiência imersiva combina tecnologia de ponta associada à realidade virtual, paisagens visuais e sonoras envolventes, mas também perfume e toque. O objetivo é fazer com que o espectador se sinta na pele de Aiken, um homem de 60 anos que tenta desesperadamente manter a memória quando até o próprio nome começa a ser uma nebulosa. O que fazer quando, como se diz no subtítulo do espectáculo, "nós somos a nossa memória"? Um dia, os passos levam Aiken a a uma casa abandonada. Onde está e o que conduziu ali? Algo, que não consegue identificar, parece-lhe familiar. De repente percebe que aquela foi a sua morada de infância e que as presenças que lhe surgem na mente, como flashs, são as da avó e da irmã mais nova, Lilly. Por momentos, cheira-lhe, e ao espetador também, às pipocas da festa de aniversário de Lilly. Ou aos aromas da floresta onde ambos brincavam há mais de 50 anos. Aiken sofre de Alzheimer - e a sua luta é contra uma mente cada vez menor, contra o tempo, contra a perda final. Em palco, para nos contar esta história que vai do medo à redenção, estão três músicos, dois bailarinos, três designers de som, um operador visual, todos conduzidos pelo próprio Tupac Martir, na sua primeira atuação em Portugal. Cosmos Within Us estreou no 76.º Festival de Cinema de Veneza, em 2019, ganhou um prémio no 27.º Raindance Film Festival e uma nomeação ao Producers Guild of America Award.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG