Sessões esgotadas para nadar na piscina criada por Joana Vasconcelos na Escócia

A piscina foi criada pela artista portuguesa em Edimburgo e será inaugurada no sábado.

A piscina de nove metros vai estar aberta ao público entre 29 de julho e 9 de agosto, no âmbito do Festival de Arte de Edimburgo, que decorre até ao final de setembro, e foi uma encomenda especial da Fundação Jupiter Artland.

Intitulada Gateway, esta é uma instalação artística permanente do parque de esculturas da fundação escocesa, e está forrada por 11 400 azulejos produzidos e pintados à mão na fábrica Viúva Lamego, em Portugal.

No comunicado de Joana Vasconcelos, a obra é descrita como uma "ao mesmo tempo íntima, mas expansiva" e uma "referência à ideia de piscinas como locais que promovem a comunidade; um espaço experiencial que é inerentemente social, lúdico e partilhado". A piscina foi alinhada propositadamente com uma linha de Ley e representa o mapa astrológico de Joana Vasconcelos desenhado pela artista.

"Gateway não é apenas uma piscina-obra; é uma composição de diferentes elementos, cuidadosamente articulados: a piscina e o pavilhão, envolvidos pelo pavimento de tijolo negro, a vegetação, a fonte e os portões de ferro forjado a pontuar a entrada (Moongate e Sungate)", explica a artista.

A obra foi anunciada em 2018, no âmbito de uma exposição individual de Joana Vasconcelos em Bonnington House, uma mansão do século XVII nos arredores de Edimburgo, mas a construção foi atrasada devido às condições meteorológicas.

A Jupiter Artland tem uma coleção de esculturas de artistas contemporâneos, criadas na maioria especificamente para a propriedade de 40 hectares adquirida em 1999 pelos colecionadores Robert e Nicky Wilson e que inclui obras de, entre outros, Anish Kapoor, Antony Gormley, Cornelia Parker ou Anya Gallaccio.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG