Seiva Trupe estreia nova residência permanente com a peça "Três Mulheres em Torno de Um Piano"

A 27 de março a Seiva Trupe estreia "Três Mulheres em Torno de um Piano" na data da inauguração da nova residência da companhia teatral portuense.

É já no próximo domingo (27), Dia Mundial do Teatro, que a Seiva Trupe estreia "Três Mulheres em Torno de um Piano", para assinalar a inauguração da nova residência permanente de uma das mais destacadas companhias de teatro portuenses, que, depois de nove anos sem casa própria, passa a "morar" na Sala Estúdio Perpétuo.

O programa da inauguração começará às 18h com um pequeno concerto na Praça do Marquês, no Porto, com a banda Balklavalhau a servir de "aperitivo" para a estreia de "Três Mulheres em Torno de um Piano".

A peça, que conta com texto e encenação de Jorge Castro Guedes, é uma "comédia roxa porque é um murro na consciência de cada um de nós", descreve a companhia em comunicado, invocando ainda palavras do crítico Jorge Listopad (falecido em 2017), que a preferiu catalogar como uma "opera omina" de um texto inaugural de uma nova forma de dizer e fazer teatro por um homem com tanto de lúcido como desesperado.

É uma re-reposição de uma peça já levada a palco pela companhia, "uma vez que passaram dez anos e não só o Mundo mudou, como também as intérpretes - agora com as atrizes Kátia Guedes, Teresa Fonseca e Costa, Sandra Salomé", acrescenta o comunicado.

A peça trata da "sordidez de duas formas de proxenetismo que se misturam: a de natureza sexual e a da exploração da terceira idade". "Três Mulheres e um Piano" vai estar em palco de 27 de março a 11 de abril, com entrada a maiores de 14 anos.

Depois de nove anos sem casa própria, a companhia Seiva Trupe, que conta já com mais de 48 anos de atividade, encontra finalmente um espaço para apresentar Teatro à cidade do Porto: a Sala Estúdio Perpétuo (antigo Cinema Estúdio) na Rua Costa Cabral.

A companhia foi constituída oficialmente em 11 de Setembro de 1973 na cidade do Porto por um grupo de jovens, entre os quais António Reis, Estrela Novais e Júlio Cardoso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG