Segundo dia de Vilar de Mouros com Incubus, Editors e Kitty Daisy & Lewis

O cartaz do segundo dia do festival inclui, ainda, nomes como David Fonseca, GNR e Scarecrow Paulo

As bandas Incubus e Editors sobem hoje ao palco de Vilar de Mouros, naquele que é o segundo de três dias de festival na vila minhota e que conta também com as atuações de Kitty Daisy & Lewis.

Os portugueses David Fonseca, os GNR e Scarecrow Paulo completam o cartaz do dia, com atuações previstas para as 21:10, 19:55 e 19:00, respetivamente.

A música prossegue às 22:35 com os Editors, a apresentar o novo álbum "Violence", às 00:15 com Incubus a apresentar o oitavo álbum de originais e a recordar mais de 27 anos de carreira e, às 01:50, com Kitty Daisy & Lewis, um trio de compositores multi-instrumentalista que mistura rock'n'roll, soul e blues.

A banda é formada por três irmãos que tocam desde cedo e têm os pais ligados à música: a mãe, Ingrid Weiss, foi baterista das Raincoats, e o pai, Graeme Durham, foi engenheiro de som no Exchange Studio em Londres.

Já os Incubus, formados pelo vocalista Brandon Boyd e por Mike Einziger (guitarra) e Jose Pasillas (bateria), são uma banda norte-americana de rock que não se apresenta em território português há seis anos.

Alcançaram reconhecimento com o terceiro Álbum, "Make Yourself", e têm entre os 'singles' de maior êxito "Drive", "Dig", "Wish You Were Here", "Anna Molly" ou "I Miss You".

Por seu lado, formados no Reino Unido em 2002, os Editors apresentam em Vilar de Mouros o novo álbum, editado em março, depois de sucessos como "Munich" e "Blood" -- ambos incluídos no álbum de estreia, "The Black Room", editado em 2005.

Com uma carreira a solo iniciada há 15 anos, David Fonseca sobe ao palco para mostrar o sexto álbum, o recente "Radio Gemini", que inclui o 'single' "Oh My Heart", cuja base é um sintetizador que, durante mais de meio ano de composição, o cantor levava para todo o lado, na companhia de um gravador de quatro pistas.

Com mais de 20 álbuns editados, os GNR de Rui Reininho assinalam na vila minhota do distrito de Viana do Castelo 37 anos de carreira.

Já Scarecrow Paulo é mais uma faceta de Paulo Pedro Gonçalves, cujo nome se liga a projetos nacionais como Faíscas, Corpo Diplomático, Heróis do Mar, LX90, Kick Out The Jams ou Ovelha Negra.

É este o projeto que chega a Vilar de Mouros para apresentar o álbum "Skank", gravado em Londres e editado em 2017.

Exclusivos

Premium

Liderança

Jill Ader: "As mulheres são mais propensas a minimizarem-se"

Jill Ader é a nova chairwoman da Egon Zehnder, a primeira mulher no cargo e a única numa grande empresa de busca de talentos e recursos. Tem, por isso, um ponto de vista extraordinário sobre o mundo - líderes, negócios, política e mulheres. Esteve em Portugal para um evento da companhia. E mostrou-o.