Revelada a identidade de Banksy? Esta é a pista mais recente

Foi encontrada uma entrevista em vídeo que pode revelar a identidade de Banksy. "Estou disfarçado porque não se pode ser um graffiti writer e dar a cara. As duas coisas não combinam", disse o artista.

O homem tem um boné e um lenço que lhe tapa todo o rosto - exceto os olhos. Acredita-se que pode ser o artista britânico Banksy ou, pelo menos, que esta é uma pista mais para chegar à identidade do artista, um mistério que muitos desejam revelar contra a vontade do próprio.

As imagens foram encontradas por Robert Murphy, repórter da estação televisiva ITV News, enquanto fazia uma pesquisa sobre o artista mundialmente reconhecido e cuja identidade é alvo de muita especulação. Murphy afirma que é impossível dizer com certezas que se trata de Banksy, mas que o homem entrevistado estava a criar obras de arte numa exposição oficial do artista.

A exposição em causa é Turf War, a estreia de Banksy em 2003: um homem de rosto tapado com um boné e uma t-shirt trabalha em duas peças que são reconhecidamente atribuídas à autoria de Banksy, uma imagem preta de um inseto numa parede e uma peça na qual um bebé brinca com blocos de construção com letras do alfabeto que soletram Kill More (mata mais)".

A entrevista de dois minutos, conduzida pelo repórter Haig Gordon, e parcialmente disponibilizada pelo diário britânico The Sun no seu site, mostra ainda o homem a falar durante 35 segundos. "Estou disfarçado porque não se pode ser um graffiti writer e dar a cara. As duas coisas não combinam", diz o artista. "É difícil fazer uma imagem que entretenha e divirta, mas, se tiveres algo que vagueia e lambe o nariz e urina à tua frente, a imagem será mais interessante", acrescentou, fazendo alusão à exposição Turf War, onde o artista decorou animais de fazenda, incluindo porcos a usar as cores da polícia, ovelhas com riscas dos pijamas dos campos de concentração e até um retrato da Rainha Elizabeth II com cara de chimpanzé.

Haig Gordon relembra que "ele era relaxado, descontraído e amável". E completa: "Fiquei surpreendido. Estava com medo de um tipo pretensioso, mas ele era muito agradável." Diz ainda que não podia dizer com certeza se era o verdadeiro Banksy, mas que "parecia um evento organizado. O assessor de imprensa parecia um assessor de imprensa normal, que não estaria a pregar uma partida aos meios de comunicação".

Richard Jones, diretor da editora Tangent Books, que publicou vários livros sobre a arte de Banksy, descreveu o vídeo com "muito pouco comum" e "muito, muito raro. "

Quem é Banksy?

São várias as teorias em torno da identidade do artista, tão reconhecido pela sua obra como pelo mistério que rodeia a sua identidade. Uma das mais fortes é a de que Banksy e Robert Del Naja, o músico dos Massive Attack são a mesma pessoa.

A sustentar a tese está o facto de ambos pertencerem à cena artística de Bristol e de várias obras de Banksy aparecerem em locais onde os Massive Attack passaram durante as suas digressões. Ambos já negaram essa possibilidade, mas admitem que há ligação. "É um amigo" e "já esteve em concertos dos Massive Attack", admitiu Del Naja, filho de pai napolitano e também conhecido como 3D, ao Daily Mail.

Os especialistas encontram relação estética entre o trabalho de Banksy e o de Robert Del Naja, também reconhecido como artista visual. Começou como graffiter e atribuem-lhe a introdução na arte de rua de Bristol do stencil, um dos suportes preferidos de Banksy, como se pode ver na exposição não autorizada de obras do artista que pode ser vista na Cordoarua Nacional, em Lisboa.

Exclusivos