Penguin Random House e 20|20 Editora fundem-se

A nova editora, fruto da junção das duas empresas, terá o nome Penguin Random House Grupo Editorial Portugal e conta com um catálgo de quatro mil títulos

Os grupos editoriais Penguin Random House (PRHGE) e 20|20 Editora vão fundir-se numa única empresa em Portugal, anunciaram esta quinta-feira em comunicado.

A editora com o nome Penguin Random House Grupo Editorial Portugal, força da junção das duas empresas, vai ser gerida por Manuel de Freitas, diretor-geral, e Clara Capitão, diretora editorial da nova empresa em Portugal.

O novo grupo editorial deterá um catálogo de 4000 títulos para todos os tipos de leitores nas suas diferentes chancelas editoriais. Com o ritmo de 650 novos títulos por ano, o grupo vai preservar a identidade e a vocação de cada uma das editoras e continuará a publicar originais e traduções em português de obras nos mais variados formatos em papel, assim como em suporte digital, tanto em ebook como em audiolivro.

"É um privilégio alargar o âmbito e a força dos nossos programas editoriais em Portugal, unindo os catálogos da Penguin Random House Grupo Editorial e da 20|20 Editora. Juntos, vamos levar o excelente trabalho dos nossos autores ao maior número possível de leitores a nível nacional e internacional, enquanto nos esforçamos por criar a próxima geração de leitores e fortalecer o futuro dos livros na nossa sociedade. Mal podemos esperar para ver o catálogo editorial que esta parceria irá produzir", diz Markus Dohle, CEO da Penguin Random House.

A 20|20 Editora foi fundada em 2009, é constituída por três divisões - comercial, literária e escolar -, pela unidade de logística e distribuição e pela The Book Company, adquirida em 2019.

A Penguin Random House Grupo Editorial chegou a Portugal em 2014. O grupo tem-se concentrado na publicação de livros para adultos e crianças.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG