"O Fantasma da Ópera" vai despedir-se dos palcos da Broadway após 35 anos

A última apresentação do musical de Andrew Lloyd Webber será a 18 de fevereiro, pondo fim a 35 anos de exibições.

O espetáculo mais antigo da história da Broadway, "O Fantasma da Ópera", vai despedir-se dos palcos no seu 35.º aniversário, informou a imprensa norte-americana, uma vez que a indústria do teatro não conseguiu recuperar da pandemia.

O musical de Andrew Lloyd Webber será exibido durante a época de Natal e Ano Novo e, depois, terminará a sua história a 18 de fevereiro.

Fontes disseram ao jornal New York Post que vai haver uma grande festa para comemorar os 35 anos de palco.

"O Fantasma da Ópera", segundo fontes, está a perder cerca de um milhão de dólares (cerca de um milhão de euros) por mês desde que regressou aos espetáculos, em outubro de 2021, após o confinamento devido à covid-19.

Desde a sua estreia no Majestic Theatre, a 26 de janeiro de 1988, o musical, produzido por Cameron Mackintosh e pela companhia Really Useful Group de Lloyd Webber, teve 13.7333 apresentações em quase 35 anos.

"O Fantasma da Ópera" ganhou sete Tony Awards, incluindo o de Melhor Musical, em 1988.

O segundo espetáculo com maior longevidade na Broadway é "Chicago", de John Kander e Fred Ebb, com 25 anos de palco e 10.090 apresentações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG