Salvador Sobral mostra o single do novo disco

O músico que venceu o Festival da Eurovisão há dois anos vai lançar o disco "Lisboa, Paris" no final de março.

Anda a estragar-me os planos, canção originalmente composta por Francisca Cortesão com letra de Afonso Cabral, é o primeiro single do novo disco de Salvador Sobral. O músico partilhou a nova canção nas redes sociais na quinta-feira à noite:

O tema foi interpretado por Joana Barra Vaz no Festival da Canção do ano passado e, longo nessa altura, Salvador Sobral gostou tanto dele que fez uma versão, acompanhado ao piano por Júlio Resende.

Na nova versão, a canção "traz-nos à lembrança os sons da ilha da Madeira, onde tomou forma graças à integração do Rajão, um dos tradicionais cordofones madeirenses aqui interpretado pelo músico André Santos", explica o comunicado de imprensa. O vídeo é da autoria de Sol Domínguez e Juan Daniel González.

O novo álbum de Salvador Sobra, vencedor do Festival da Eurovisão em 2017, intitula-se Paris, Lisboa e será lançado a 29 de março mas está já em pré-venda na Fnac.

O sucessor de Excuse Me, álbum de 2016, tem o selo da Valentim de Carvalho em Portugal e da Warner Music Spain para o resto do mundo. O título é "inspirado numa viagem sem partida nem chegada, mas cujos pontos de união se fazem entre Paris e Lisboa, cidades de grande preponderância no processo de construção deste disco", explicou a editora num comunicado emitido em janeiro. Mas é também uma homenagem ao clássico de Wim Wenders, Paris, Texas, filme de 1984 que marcou muito Salvador Sobral. Paris, Lisboa terá 12 canções e não serão todas cantadas em português.

Com produção musical de Joel Silva (baterista que integra, entre outros, o projeto Alexander Search), o disco conta com músicas da autoria e composição de, entre outros, Luísa Sobral, Jenna Thiam, Joel Silva, Júlio Resende, André Rosinha, Leo Aldrey e o próprio Salvador Sobral.

O disco será apresentado ao vivo em Portugal em maio, no Teatro das Figuras (dia 3), em Faro, e nos Coliseus de Lisboa (dia 10) e do Porto (dia 11). Antes disso, Salvador Sobral apresenta Paris, Lisboa na Polónia, na Alemanha e na Suíça, numa digressão de dez concertos em abril.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.

Premium

Viriato Soromenho Marques

Erros de um sonhador

Não é um espetáculo bonito ver Vítor Constâncio contagiado pela amnésia que tem vitimado quase todos os responsáveis da banca portuguesa, chamados a prestar declarações no Parlamento. Contudo, parece-me injusto remeter aquele que foi governador do Banco de Portugal (BdP) nos anos críticos de 2000-2010 para o estatuto de cúmplice de Berardo e instrumento da maior teia de corrupção da história portuguesa, que a justiça tenta, arduamente, deslindar.