Morreu Phil Mendrix, guitarrista dos Chinchilas e lenda do rock português

Músico tinha 70 anos. É considerado um dos melhores guitarristas portugueses de sempre

A notícia foi dada por um amigo, Vasco Ludgero, na página de Facebook de Phil Mendrix. O guitarrista, nascido em novembro de 1947 e a quem foi dado o nome Filipe Mendes, é conhecido por ter sido guitarrista de várias bandas emblemáticas. Morreu esta segunda-feira, aos 70 anos, em Lisboa, vítima de doença prolongada, disse à agência Lusa fonte próxima da família.

Mendrix fez parte dos Chinchilas, Fluido, Psico, Heavy Band e Roxigénio. O músico integrou também os Ena Pá 2000 e os Irmãos Catita e criou ainda a Phil Mendrix Band. É considerado um dos melhores guitarristas portugueses de sempre.

"O Phil partiu mas deixou-nos muitas lições de amor, amizade, profissionalismo e humanidade", escreveu Vasco Ludgero.

Em 2017, Filipe Mendes foi homenageado pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) com a Medalha de Honra pelos seus 70 anos de idade e 50 de carreira - começou em 1965, nos Chinchilas.

Manuel João Vieira, líder dos Ena Pá 2000, e companheiro de palco do músico durante mais de duas décadas, chamou-lhe "Sir" Phil Mendrix.

Na mesma altura, foi exibido um documentário biográfico da autoria de Paulo Abreu. O documentário dá conta do percurso do músico e foi construído a partir de materiais filmados entre 1994 e 2013.

"Eu tento multiplicar os sons, invertê-los, distorcê-los", explicava, então, Filipe Mendes, quando confrontado com a singularidade da sua performance em palco.

Ler mais

Exclusivos