José Mayer deixa a Globo após mais de 35 anos de trabalho e um caso de assédio

Ator estava afastado por tempo indeterminado da emissora.

José Mayer, 69, e a Globo deram fim à parceria após mais de 35 anos. A notícia foi confirmada pela própria emissora nesta terça (15) em forma de comunicado oficial. Afastado da TV desde abril de 2017, quando foi acusado de assédio sexual pela figurinista Susslem Meneguzzi Tonani, durante os bastidores da novela "A Lei do Amor", o ator permanecia com contrato vigente. Tonani, por sua vez, decidiu não levar adiante o inquérito contra Mayer.

"Depois de mais de 35 anos de uma trajetória iniciada na novela "Guerra dos Sexos", em 1983, com participação em mais de 40 obras, entre novelas, séries, minisséries e especiais, a Globo e o ator José Mayer informam o fim da parceria, de comum acordo, no final de 2018", diz o comunicado.

Na ocasião, Mayer pediu desculpas pelo ocorrido. "Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas", dizia um trecho de carta enviada pelo ator. Atrizes e funcionárias da emissora chegaram a fazer protestos contra o assédio.

Em entrevista nesta terça (15) ao programa A Tarde É Sua (RedeTV!), Mayer revelou que gostaria de voltar a atuar e que faltavam convites. "Estou pronto para voltar a atuar e sinto tanta falta como me sinto preparado. Estou 100% de saúde e estou animado, mas faltam-me convites. O convite que pintar estou aberto e vou pegar com tudo nesse retorno de trabalho", disse.

No quesito saúde, o artista também passou por uma doença rara e pela qual teve de ficar internado por 30 dias. Fez um tratamento contra granulomatose de Wegener, uma doença autoimune e rara que não tem causa conhecida e pode atingir o pulmão, os rins ou as vias aéreas superiores.

Quem também causou polémica foi o autor de novelas Aguinaldo Silva, que pediu nas redes sociais, na segunda (14), a volta do artista à TV. "Não há crime se não há queixa à polícia nem denúncia na Justiça. Por isso, volta, José Mayer", publicou. Mayer deveria fazer parte do elenco de "O Sétimo Guardião", do próprio Aguinaldo, mas a acusação de assédio, em 2017, fez com que a Globo o tirasse de cena.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A Europa, da gasolina lusa ao palhaço ucraniano

Estamos assim, perdidos algures entre as urnas eleitorais e o comando da televisão. As urnas estão mortas e o nosso comando não é nenhum. Mas, ao menos, em advogado de Maserati que conduz sindicalistas podíamos não ver matéria de gente rija como cornos. Matéria perigosa, sim. Em Portugal como mais a leste. Segue o relato longínquo para vermos perto.Ontem, defrontaram-se os dois candidatos a presidir a Ucrânia. Não é assunto irrelevante apesar de vivermos no outro extremo da Europa. Afinal, num canto ainda mais a leste daquele país há uma guerra civil meio instigada pelos russos - e hoje sabemos, como não sabíamos ainda há pouco, que as guerras de anteontem podem voltar.

Premium

Marisa Matias

Greta Thunberg

A Antonia estava em Estrasburgo e aproveitou para vir ao Parlamento assistir ao discurso da Greta Thunberg, que para ela é uma heroína. A menina de 7 ou 8 anos emocionou-se quando a Greta se emocionou e não descolou os olhos enquanto ela falava. Quando, no final do discurso, se passou à ronda dos grupos parlamentares, a Antonia perguntou se podia sair. Disse que tinha entendido tudo o que a Greta tinha dito, mas que lhe custava estar ali porque não percebia nada do que diziam as pessoas que estavam agora a falar. Poucos minutos antes de a Antonia ter pedido para sair, eu tinha comentado com a minha colega Jude, com quem a Antonia estava, que me envergonhava a forma como os grupos parlamentares estavam a dirigir-se a Greta.