Já se sabe o destino de Kevin Spacey em "House of Cards"

Decisão da plataforma de streaming surgiu na sequência dos escândalos sexuais de que o ator Kevin Spacey é envolvido

A Netflix divulgou um teaser que mostra o fim de Frank Underwood, personagem principal da série House of Cards. A plataforma de streaming decidiu acabar com o papel de Kevin Spacey devido aos escândalos sexuais que envolveram o ator.

No vídeo, divulgado esta quarta-feira, dia 5 de setembro, podemos ver uma campa com o nome de Francis J. Underwood, ao lado do seu pai, Calvin T. Underwood.

"Digo-te uma coisa, Francis. Quando me enterrarem a mim, não vai ser no meu quintal. E quando prestarem a sua homenagem, vão ter de esperar na fila", diz a nova protagonista da série, Claire Hale Underwood, interpretada pela atriz Robin Wright.

A sexta e última temporada de House of Cards estreia nos EUA no próximo dia 2 de novembro e vai contar com oito episódios. O enredo vai se centrar na Claire Underwood, a mulher de Frank e a nova presidente dos EUA na história.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Estou a torcer por Rio apesar do teimoso Rui

Meu Deus, eu, de esquerda, e só me faltava esta: sofrer pelo PSD... É um problema que se agrava. Antigamente confrontava-me com a fria ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e agora vejo a clarividente e humana comentadora Manuela Ferreira Leite... Pacheco Pereira, um herói na cruzada anti-Sócrates, a voz mais clarividente sobre a tragédia da troika passista... tornou-se uma bússola! Quanto não desejei que Rangel tivesse ganho a Passos naquele congresso trágico para o país?!... Pudesse eu escolher para líder a seguir a Rio, apostava tudo em Moreira da Silva ou José Eduardo Martins... O PSD tomou conta dos meus pesadelos! Precisarei de ajuda...?

Premium

arménios na síria

Tempo de fugir de casa para regressar à terra

Em 1915, no Império Otomano, tiveram início os acontecimentos que ficariam conhecidos como o genocídio arménio. Ainda hoje as duas nações continuam de costas voltadas, em grande parte porque a Turquia não reconhece que tenha havido uma matança sistemática. Muitas famílias procuraram então refúgio na Síria. Agora, devido à guerra civil que começou em 2011, os netos daqueles que fugiram voltam a deixar tudo para trás.