Atriz de Coimbra com prognóstico reservado após queda no Teatro da Cerca

A atriz Maria João Robalo, que sofreu uma queda na segunda-feira no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, está "ventilada e com prognóstico reservado".

A atriz, da companhia de Coimbra Escola da Noite, "continua internada no Serviço de Medicina Intensiva do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), está ventilada e com prognóstico reservado", afirmou à agência Lusa o gabinete de comunicação do hospital.

Na quarta-feira, a Escola da Noite informou, através da rede social Facebook, que Maria João Robalo "sofreu uma queda na manhã de segunda-feira, nas instalações do Teatro da Cerca de São Bernardo, da qual resultaram ferimentos muito graves".

"A família e a Escola da Noite agradecem todas as mensagens de apoio que lhes têm chegado e que muito contribuem para alimentar a força e a esperança de que todos precisamos nesta altura de grande preocupação", salienta a companhia de Coimbra.

Segundo fonte da Escola da Noite, a queda ocorreu quando estavam para se iniciar as oficinas de teatro das férias de verão da companhia.

Maria João Robalo, natural de Coimbra, colaborou pela primeira vez com a Escola da Noite em 2001, no espetáculo "Um gosto de mel", sendo desde há nove anos atriz da companhia de Coimbra.

Exclusivos