Hacker que divulgou fotografias de Jennifer Lawrence nua condenado

George Garofano estava acusado com mais três hackers de terem invadido e divulgado imagens íntimas de várias celebridades

Ana Bela Ferreira
Jennifer Lawrence foi uma das vítimas do ataque | foto Mario Anzuoni/Reuters
Kristen Dunst também viu as suas imagens divulgadas | foto Franck Prevel/Reuters
Kate Upton estava na lista de celebridades afetadas | foto Mario Anzuoni/Reuters

O hacker George Garofano, de 26 anos, foi condenado a oito meses de prisão e mais três anos de liberdade condicional por ter divulgado fotografias de Jennifer Lawrence nua, entre outras celebridades. Ao todo, terão sido violadas as contas de 240 pessoas, entre estrelas de Hollywood e pessoas comuns.

O caso remonta a 2014, quando foram divulgadas imagens íntimas de Jennifer Lawrence, Kate Upton e Kristen Dunst. Na época, Jennifer Lawrence disse ter-se sentido vítima de um crime sexual e pediu uma pena pesada.

O tribunal de Bridgeport, no Connecticut, acabou por condenar o hacker a oito meses de prisão efetiva e três anos de liberdade condicional.

George Garofano considerou-se culpado, em abril, admitindo que tinha enviado e-mails às vítimas em que se fazia passar por elemento das equipas de segurança na internet da Apple, recorda o The Guardian . Os outros três arguidos do caso já tinham sido condenados a penas dos nove aos 18 meses de prisão.