David Carreira reage a polémica com um novo vídeo. "Não era minha intenção"

David Carreira fez um novo vídeo com pedido de desculpas. "Continuem a fazer os vossos vídeos mas sempre em segurança", escreve no Instagram

Lina Santos
David Carreira numa imagem do vídeo "O Problema é que ela é Linda"© Direitos Reservados

O cantor David Carreira voltou ao Instagram para falar sobre a polémica que o seu vídeo a sair do carro em andamento causou. "Não era a minha intenção, quem me conhece sabe isso".

Desta vez, o cantor também está ao volante, mas de uma scooter que é empurrada por um amigo de David Carreira. "Continuem a fazer os vossos vídeos e a dançar, mas sempre em segurança", diz a mensagem que acompanha o vídeo no Instagram.

O apelo à segurança continua na parte final do vídeo. "Se quiserem fazer, façam, mas em segurança, com malta amiga. Fiz sem capacete porque estou num parque privado, portanto, não há stress. Divirtam-se e bom verão".

O novo vídeo de David Carreira, 27 anos, é uma resposta à PSP. A Polícia de Segurança Pública decidiu no início de agosto analisar o vídeo em que o cantor sai do carro em andamento, respondendo ao desafio #inmyfeelings do músico canadiano Drake,

O objetivo do desafio é dançar dentro, ao lado ou por cima de carros em andamento.

David Carreira publicou o vídeo no dia 7 de agosto assinalando o momento em que a sua canção ultrapassou a de Drake nos tops.

Para lá da resposta oficial, a PSP decidiu também lançar um vídeo em que explica como (não) se faz o desafio #inmyfeelings.

Além de se justificar pelo conteúdo do primeiro vídeo, David Carreira usou a rede social para celebrar os 2,5 milhões de visualizações que já contabiliza a canção O Problema é que Ela é Linda, com Deejay Télio e Mc Zuka. cujo vídeo oficial também mereceu a crítica pública da PSP.

No videoclipe, Deejay Télio e várias raparigas dançam em cima de uma viatura oficial da PSP emprestada pela instituição à Regi Brainstorm, a produtora de David Carreira, sobre a qual a polícia disse: "Não há um crime, há uma questão de respeito".

"Obviamente que não concordamos com aquela postura. Se tivéssemos conhecimento de que seria aquela a forma de filmagem e postura não iríamos aceitar a cedência do meio. Não consideramos que ter alguém a dançar em cima de um carro de patrulha seja um ato respeitoso, com o qual nos identifiquemos", disse ao DN Hugo Palma, porta-voz da PSP.

David Carreira, mais uma vez através do Instagram, afirmou tratar-se de uma homenagem às mulheres. "A mensagem, que quis mostrar sempre neste vídeo, é que são as mulheres que controlam o nosso Mundo e o que nós fazemos, estão acima de qualquer autoridade, daí a presença do carro da polícia e muitos outros detalhes que mostram esse Woman Power de uma forma engraçada e ligeira". E, no final, agradece a colaboração da PSP.