Ator de "The West Wing" revela que sofre de Parkinson

Alan Alda sofre da doença há três anos mas só agora quis contar ao público

Paula Freitas Ferreira
© REUTERS/Carlo Allegri

O ator Alan Alda, de 82 anos, vencedor de vários prémios Emmy e de um Globo de Ouro, conhecido pelo seu papel em "M * A * S * H" e "Os Homens do Presidente" (The West Wing), sofre da doença de Parkinson.

O ator foi entrevistado para o programa da CBS "This Morning", onde disse que apesar de ter recebido o diagnóstico há "três anos e meio", não o quis tornar público, pois ainda havia "coisas que podia fazer", como boxe, que pratica "três vezes por semana".

Alda interpretou o papel do candidato presidencial Arnold Vinick em "The West Wing" e foi nomeado para um Óscar em 2005 pelo seu papel no filme "O Aviador".

O ator disse também que decidiu contar que sofria da doença ao ver entrevistas recentes e perceber que era notório o tremor num dos seus polegares.

"Pensei que provavelmente era apenas uma questão de tempo antes que alguém escrevesse uma história sobre isso de um ponto de vista triste, mas não é assim que me sinto", sublinhou.

Segundo a BBC, foi o próprio ator quem alertou o seu médico que poderia sofrer de Parkinson, e um exame posterior acabaria por confirmar a doença.

Depois da revelação, em direto, o ator publicou uma mensagem no Twitter em que surge a fazer malabarismo. A acompanhar o vídeo, a legenda: "Decidi deixar as pessoas saberem que eu tenho Parkinson para incentivar outras pessoas a agir. Fui diagnosticado há 3 anos e meio, mas tenho uma vida cheia. Eu ajo, dou palestras, faço o meu podcast, faço aquilo que amo. Se receber um diagnóstico [de Parkinson], continue a andar".

A Doença de Parkinson é uma doença degenerativa neurológica que pode causar tremores e lentidão. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que cerca de 1% da população mundial com mais de 65 anos sofre da doença.