The Kooks cancelam concerto no Nos Alive

Os britânicos The Kooks cancelaram o concerto de sexta-feira no festival Nos Alive, no Passeio Marítimo de Algés, sendo substituídos pelos ingleses Blossoms, disse hoje a organização.

Os The Kooks, que tinham concerto marcado para 19:50 no palco principal do festival, anunciaram na rede social Twitter o cancelamento por causa de saúde do vocalista, Luke Pritchard.

"Luke está a seguir ordens médicas rigorosas para descansar a voz, depois de ter enfrentado uma bronquite nas últimas semanas", afirmou a banda na mensagem, desejando regressar a palcos portugueses "o mais cedo possível".

A substituí-los estarão os Blossoms, que estiveram no festival em 2017 e regressam com o novo álbum, "Cool like you".

O festival Nos Alive cumpre a 12.ª edição, há muito esgotada, com bandas como Arctic Monkeys, cabeças-de-cartaz hoje do primeiro dia, Queens of The Stone Age e Pearl Jam.

No passeio Marítimo de Algés são esperadas cerca de 55 mil pessoas por dia.

Ler mais

Exclusivos

Ricardo Paes Mamede

DN+ Queremos mesmo pagar às pessoas para se reproduzirem?

De acordo com os dados do Banco Mundial, Portugal apresentava em 2016 a sexta taxa de fertilidade mais baixa do mundo. As previsões do INE apontam para que a população do país se reduza em mais de 2,5 milhões de habitantes até 2080, caso as tendências recentes se mantenham. Segundo os dados da OCDE, entre os países com economias mais avançadas Portugal é dos que gastam menos com políticas de apoio à família. Face a estes dados, a conclusão parece óbvia: é preciso que o Estado dê mais incentivos financeiros aos portugueses em idade reprodutiva para que tenham mais filhos.