13 canções dos 13 álbuns de Madonna

Em 60 anos, Madonna lançou 13 álbuns de estúdio. Recordamos uma música de cada um deles: de Holiday (1983) a Bitch I'm Madonna (2014).

1 - Holiday

O primeiro álbum, lançado a 27 de julho de 1983, serviu como cartão-de-visita da cantora e, por isso, chamou-se Madonna. O disco chegou ao 8.º lugar da tabela Billboard 200. Holiday foi o terceiro single a ser lançado, em setembro, e foi o primeiro hit de Madonna. Ela tinha 24 anos e no videoclip aparecia a dançar e a cantar "é tempo de celebrar".

2 -Material Girl

Sem perder tempo, Madonna lançou o seu segundo disco logo em novembro de 1984. Chamava-se Like a Virgin, tal como o primeiro single. Seguiu-se Material Girl. Estas são as duas canções que geralmente os críticos identificam como aquelas que lançaram a carreira da cantora.

3 - Papa Don't Preach

True Blue, o terceiro disco de estúdio de Madonna, lançado em junho de 1986, foi um sucesso global e imediato. Entre as canções mais emblemáticas estão True Blue, Live to Tell e La Isla Bonita. E este Papa Don't Preach, que fala de um tema pouco comum na música pop, a gravidez na juventude. O teledisco foi dirigido pelo realizador James Foley.

4 - Like a Prayer

O quarto álbum de Madonna, de 1989, foi apresentado como "o mais pessoal" da sua carreira até ao momento, com canções em que ela falava da mãe, do pai e da sua ligação à família. Express Yourself, Cherish e Oh Father foram alguns dos singles extraídos deste disco. Mas o videclip que deu mais que falar foi este, de Like a Prayer, realizado por Mary Lambert. Houve vários protestos de grupos católicos pelo facto de a história de amor se passar numa igreja e de serem usados crucifixos e outros símbolos religiosos. A Pepsi tinha escolhido a música para um anúncio mas, devido a toda a polémica, acabou por retirá-lo.

5 - Deeper and Deeper

Erotica, o quinto álbum de Madonna, chegou ao mercado em 1992, ao mesmo tempo que o livro Sex, que continha fotografias da Madonna bastante explícitas. E depois do documentário Na Cama com Madonna (1990). O disco girava todo em torno do tema do erotismo, do sexo e do amor. Apesar de o videoclip de Erotica ser o mais provocante, a canção Deeper and Deeper acabou por ser mais bem recebida pela crítica e por ter uma vida mais longa nas pistas de dança.

6 - Secret

Menos sexual e mais romântico, Bedtime Stories foi lançado em outubro de 1994 e entrou diretamente para o terceiro lugar da tabela Billboard 200. Também esteve nomeado para melhor álbum de pop nos prémios Grammy. O tema Secret foi o primeiro single.

7 - Frozen

Depois do nascimento da primeira filha, Madonna entrou uma fase diferente da sua vida. Mais madura, disseram os críticos. Menos preocupada com o sexo. Mais new age. E musicalmente mais eletrónica. Do álbum Ray of Light (1998), o primeiro tema a ser ouvido foi este Frozen - entre outras façanhas, foi a primeira canção de Madonna a estrear-se no Top 10 do Reino Unido.

8 - Music

"Hey, Mr. DJ, put the record on." Se é para dançar é com Music, o tema que dá nome ao oitavo disco de Madonna, lançado em 2000. Por esta altura, a cantora tinha uma relação com o realizador britânico Guy Ritchie e tinha feito uma canção bastante animada, Beautiful Stranger, para o filme de Austin Powers. Por outro lado, a cantora tenta reagir à competição de novas vozes femininas como Britney Spears e Christina Aquilera. No videoclip de Music, destaque para a participação de Sacha Baron Cohen.

9 - Die Another Day

American Life é um dos álbuns menos queridos de Madonna. Lançado em 2003, o disco estreou-se em número 1 na tabela Billboard, tal como o anterior, mas foi muito menos vendido. Die Another Day foi o tema feito para o filme de James Bond com o mesmo nome.

10 - Hung Up

Madonna viaja até aos anos 1970 e 80 no seu 10.º disco, Confessions on a Dance Floor, lançado em novembro de 2005. Nenhuma canção é tão emblemática desta fase quanto Hung Up e a sua pequena homenagem aos Abba. Muitos anunciaram que a cantora tinha perdido o seu estatuto de rainha da pop mas a digressão Confessions, em 2006, acabou por ser a mais lucrativa de sempre de uma artista feminina.

11 - Give It 2 Me

Com colaborações de Justin Timberlake, Timbaland e Pet Shop Boys, entre outros, o álbum Hard Candy foi lançando em abril de 2008. O disco mostrou, mais uma vez, como Madonna está atenta às novas tendências da música e é capaz de se reinventar. Em Beats Goes On conta com a participação de Kanye West, em Give It 2 Me tem a colaboração de Pharrell.

12 - Give Me All Your Luvin'

Madonna juntou-se a M.I.A. e Nicki Minaj para fazer este Give Me All Your Luvin', primeiro single do álbum MDNA (2012), inspirado no espírito festivo das claques femininas. Ficou famosa a apresentação, no espetáculo de Madonna durante o intervalo da Super Bowl, quando M.I.A. levantou o dedo médio para as câmaras de televisão em todo o mundo.

13 - Bitch I'm Madonna

Para o seu 13.º álbum, intitulado Rebel Heart (2014), Madonna convidou nomes como Avicii, Diplo, Kanye West, Nicki Minaj ou Chance the Rapper. Até o pugilista Mike Tyson tem uma participação no tema Iconic. Mas a verdadeira parada de estrelas acontece no videoclip de Bitch, I'm Madonna em que os mais atentos poderão encontrar Rita Ora, Chris Rock, Jon Kortajarena, Miley Cyrus, Alexander Wang, Beyoncé, Katy Perry, Kanye West, e os dois filhos de Madonna Rocco e David.

Ler mais

Exclusivos