Vaivém 'Discovery' aterrou pela última vez

A nave da NASA segue agora o museu e para os livros de História.

Como previsto e sem qualquer incidente, o vaivém Discovery aterrou às 16.57, hora de Lisboa, na pista do centro espacial Kennedy, com os seus seus seis tripulantes a bordo. Esta foi a última aterragem da nave que, após 39 missões bem sucedidas e quase 27 anos no activo, segue agora para o museu.

O vaivém manteve-se em piloto automático durante toda descida, ao longo de 65 minutos, após o que o comandante Steve Lindsey tomou os comandos para efectuar a aterragem em modo manual. Segundos depois de tocar a pista, os tradicionais pára-quedas vermelhos e brancos abriram-se para ajudar a travar o vaivém, que acabou por se imobilizar sem problemas.

Nesta missão à estação espacial internacional ISS, o Discovery entregou mais um módulo, o Leonardo, para ampliar o espaço de trabalho e de armazenagem na estação orbital.

A paragem definitiva do vaivém mais antigo da frota é o início da desactivação total destes voos da NASA. O Endeavour tem agora a sua derradeira missão marcada para 19 de Abril e o Atlantis parte para a sua última missão a 28 de Junho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG