'Smarthphones', 'tablets' e 'netbooks' vendem mais que PC

A venda destes dispositivos irá suplantar a dos PC este ano, segundo um estudo da Deloitte.

A venda de dispositivos como smarthphones, tablets e netbooks suplantará em 2011 a venda de PC, sendo de esperar contudo "um maior impacto desta alteração" no contexto internacional do que no português, revela um estudo divulgado pela consultora Deloitte.

"Apesar do PC não desaparecer, o caminho futuro aponta para a diversidade a nível de dispositivos, processadores e sistemas operativos, com alterações de modelos de negócio e o surgimento de novas oportunidades relacionadas com novos dispositivos, aplicações e periféricos", revela o estudo "TMT Predictions 211", que antevê cenários na áreas de Tecnologia, Media e Telecomunicações.

O crescimento dos dispositivos móveis, a liderança da televisão no campo dos media, as oportunidades económicas ao nível do online e o aumento do tráfego Internet e a resposta das operadoras são as principais tendências apontadas pelo estudo hoje divulgado. Ao nível da tecnologia, diz a Deloitte, Portugal "acompanha a tendência internacional de diversificação de plataformas, terminando o domínio de um único sistema operativo" no mercado de smartphones e tablets, durante 2011.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG