Quer conversar com a Barbie? No Natal poderá já ser possível

A Mattel juntou-se à ToyTalk para criar uma Barbie que interage com a criança e até poderá "aprender".

Com quase 60 anos de existência, a Barbie prepara-se para o próximo passo da sua evolução: vai ter a capacidade de responder a perguntas e com a ajuda da internet até irá "aprender". A Mattel juntou-se a ToyTalk - empresa liderada por um antigo diretor da Pixar - e a nova boneca poderá estar pronta a tempo de ser uma prenda de Natal.

"O que as crianças mais queriam da Barbie, e a Mattel realizou muitas pesquisas ao longo de décadas, era falar com a Barbie", realçou o CEO da ToyTalk, Oren Jacob, citado pelo site Fast Company. O protótipo desta nova versão da popular boneca foi apresentado numa feira de brinquedos em Nova Iorque.

Inicialmente a Barbie poderá responder a simples questões como a cor favorita, o que mais gosta de fazer na escola, por exemplo, mas o objetivo é ir muito mais longe. Oren Jacob referiu que se pretende que a Barbie possa falar de temas sobre as várias personagens que representa, como ciência, surf, pintura, entre outros.

Além de tentar perceber o que as crianças possam pretender conversar com a Barbie, a ToyTalk terá pessoas que irão criar respostas de acordo com o que vão ouvindo das crianças. Ou seja, além da conversação base, será possível ligar a boneca à internet para que os diálogos possam ser atualizados, o que permitirá à Barbie "aprender" novas respostas.

A segurança não é esquecida e a boneca só funciona carregando num botão na fivela do cinto.

Exclusivos