Google Play começa hoje a vender filmes em Portugal

Primeiro a música, depois os livros e agora os filmes. A loja de aplicações e conteúdos Google Play passa hoje a oferecer a compra ou aluguer de filmes aos consumidores portugueses.

Quem quiser alugar um filme de forma digital pagará entre 2,99 e 3,99 euros, conforme seja a versão com definição normal ou alta definição. O utilizador terá, em média, 30 dias para começar a visualizar o filme alugado e, uma vez iniciada a reprodução, tem 48 horas para o utilizar. Quem quiser comprar, pagará a partir de 5,99 euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Falem do futuro

O euro, o Erasmus, a paz. De cada vez que alguém quer defender a importância da Europa, aparece esta trilogia. Poder atravessar a fronteira sem trocar de moeda, ter a oportunidade de passar seis meses a estudar no estrangeiro (há muito que já não é só na União Europeia) e - para os que ainda se lembram de que houve guerras - a memória de que vivemos o mais longo período sem conflitos no continente europeu. Normalmente dizem isto e esperam que seja suficiente para que a plateia reconheça a maravilha da construção europeia e, caso não esteja já convertida, se renda ao projeto europeu. Se estes argumentos não chegam, conforme o país, invocam os fundos europeus e as autoestradas, a expansão do mercado interno ou a democracia. E pronto, já está.