Erro de software permite venda de produtos a uma libra na Amazon

Vendedores queixam-se de perdas de milhares de euros. Amazon diz que cancelou a maioria das encomendas.

Foi apenas uma hora, mas alguns vendedores temem que tenha sido o suficiente para os levar à bancarrota. Um erro de software na sexta-feira, entre as 19.00 e as 20.00, baixou os preços de vários produtos para uma libra (pouco mais de um euro) no site da Amazon britânica. Foram feitas centenas de encomendas.

Segundo a Sky News, algumas empresas utilizam o sistema (pago) da RepricerExpress, um software programado para automaticamente alterar os preços de forma a manter determinado produto o mais barato na internet. Uma falha neste programa, ainda não identificada, permitiu o erro que está a deixar desesperados os vendedores afetados.

"Perdi quase 20 mil libras [cerca de 25 mil euros] de um dia para o outro. Pedi à Amazon para cancelar as encomendas, mas ele continua a enviá-las e a cobrar taxas horríveis. Certamente que alguém terá de ser responsabilizado. Por este andar estarei na bancarrota até ao final de janeiro", lamentou à Sky News Judith Blackford da Kiddymania. Outra vendedora diz que o prejuízo ascende às 30 mil libras.

O CEO da RepricerExpress, Brendan Doherty, já pediu desculpa pelo sucedido. "Recebemos uma comunicação da Amazon que não irá penalizar os vendedores por este erro. Estamos a trabalhar para identificar o problema e para assegurar que não volta a acontecer. Estamos todos devastados e desiludidos que tenham passado por este problema", afirmou.

Já a Amazon referiu que "está ciente" do que aconteceu: "Reagimos rapidamente e conseguimos cancelar a maioria das encomendas e não serão imputados custos ou taxas aos vendedores por essas encomendas canceladas. Estamos agora a rever o pequeno número de encomendas que foram processadas e iremos contactar diretamente com os vendedores afetados."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG